Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Não há como não gostar de Barack Obama

Não há como não gostar de Barack Obama, simplesmente não há! Dois dias após a sua saída da Casa Branca Barack Obama já deixa saudades...

Nos oitos anos anos à frente da Casa Branca Barack Obama sempre se mostrou um homem com H grande, um homem com um coração de ouro, simples, divertido altruísta, humano, e é disso que o mundo precisa. Os E.U.A., e o mundo, precisam de alguém que saiba presidir com coração, e foi isso que Barack Obama fez.

Vamos colocar o pessimismo um bocadinho de lado e esperar que estes quatro anos de mandato do novo presidente passem a correr e sem qualquer "acidente de percurso", contudo julgo que o mundo inteiro vai ter saudades do 44º Presidente dos E.U.A.|

É de pessoas com o coração do mundo e para o mundo que precisamos, Barack Obama tem a capacidade de fazer rir e sorrir e isso mesmo está patente neste vídeo em que o mesmo "brinca" com a sua situçãao actual.

 

(Vídeo retirado daqui)

Tenho saudades de ser pequenina...

Aliás, clarificando o título do post, não tenho saudades de ser pequenina em tamanho, nisso a mãe natureza encarregou-se de nunca me deixar com saudades, brindando-me com uns fantásticos 1.52cm....

Bom mas adiante. Falta um mês para as minhas "férias grandes" e caiu em mim uma nostalgia. Sinto saudades de ser pequenina, de ter três meses de férias, de ir brincar com os meus amigos para a rua à noite, de ir para a terrinha, de passar dias inteiros na praia e na piscina, de ir de férias com os meus pais e a minha irmã, de fugir da minha irmã para ela não me entalar os dedos nas portas, de jogarmos os quatro às cartas, ao Monopoly e ao Cluedo, de ir visitar os meus avós e tios, de ir passear aos fins de semana, de tudo isto o que me lembrei e de tudo o resto que não me lembro agora.

Sinto saudades de ser pequenina... Se fosse pequenina lembrava-me de mais coisas mas como a idade e o desgaste mental não permite, foi apenas disto que me lembrei! Agora que não sou pequenina as minhas "férias grandes" resumem-se a 10 dias úteis sem trabalhar, e desligar-me totalmente do meu dia a dia e se a sorte estiver do meu lado pode ser que não me liguem do trabalho como sempre sucede!

Quero ser pequenina outra vez....

Se alguém lá de cima estiver a ler o post é favor não confundir o "ser pequenina" de tamanho com o "ser pequenina" de idade, não me encolham se faz favor, já me basta esta altura, mais pequenina tenho que começar a comprar roupa na Zara Babys!

Lisboa menina e moça

Hoje vou começar a minha contagem decrescente para me despedir da "minha" Lisboa....

 

Vão ser cinco dias intensos repletos de menórias e recordações!

Cinco dias intensos em que vou aproveitar cada minuto das oito horas que cá passo para que fique ainda mais cravado na alma tudo que por aqui aquilo que passei, e foram muitos os momentos....

 

Lisboa foi a cidade que me viu nascer e tornar-me a pessoa que sou hoje em dia, a adulta em que me tornei. 

 

Desde a minha entrada para a Faculdade até começar a trabalhar, tudo aconteceu aqui na minha Lisboa.
Eu sei que vou sentir muitas saudades, saudades do que passei, dos bons momentos, dos maus e dos médios. Saudades dos dias frios de Inverno e das tardes quentes de Verão, saudades do frenesim, saudades da confusão, saudades da capital...

Já não vou sentir assim tantas saudades dos transportes públicos!

 

"Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida"

 

Kikas