Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Faz hoje um ano

Faz hoje um ano que a minha vida deu uma volta de 180º, faz hoje um ano que a minha vida mudou, que deixei de trabalhar na Capital, que deixei de utilizar os transportes públicos, que comecei a conduzir assiduamente, que deixei de ser uma condutora de fim de semana e comecei a apanhar com trânsito in a daily basis e com todas a abéculas e atrasados mentais que circulam por estes caminhos de Portugal.

Faz hoje um ano que mudei de trabalho! Faz hoje um ano que integrei uma nova empresa e uma nova equipa, e que equipa espectacular que tenho, do melhor que pode existir, a equipa que está sempre unida dê por onde der, doa a quem doer e que se apoia mutuamente em toda e qualquer situação. São estas pessoas que tornam o meu dia a dia mais feliz, que me fazem rir quando estou triste, que têm sempre uma palavra de apoio, maioritariamente baseada em piadas secas mas que me fazem rir até me doer a barriga. É esta empresa e esta equipa que me fez ver que não sou tão má (trabalhadora) como julgava ser, que me tiraram o Síndrome de Estocolmo que estava entranhado na minha mente e corpo, que me dá ouvidos quando tenho algo a dizer, que me deixa acrescentar valor ao meu trabalho, que dá voz e ouvidos quando algo não corre tão bem. Se nos primeiros tempos me sentia deslocada, uma estranha entre tantos, foram eles que me fizeram ver que existem empresas sem doutores, engenheiros, arquitectos e advogados, que somos todos iguais (uns mais iguais do que outros, como em qualquer empresa), que cada qual dá o seu contributo para que nos tornemos melhores fazendo com que a empresa se torne melhor, e sobretudo que me fez ver que cada um de nós tem uma palavra a dizer, e acima de tudo que podemos manter a nossa individualidade.

Da antiga empresa apenas tenho saudades da mesma se situar em plena Lisboa repleta de movimento, de pessoas a andar de lá para cá, do rebuliço das ruas e das lojas, do andar apressado dos trabalhadores e do ar feliz dos turistas. Foram alguns anos a trabalhar para o carvalho um grande nada contudo porém (conjunção adversativa propositada, não se descabelem) não posso deixar de agradecer a essas grandes bestas o facto de me terem deixado crescer profissionalmente e de certo modo terem contribuído para ser a pessoa que sou hoje em dia, pode não ter sido um mar de rosas, foi sim um ramo de rosas cheio de espinhos, mas não sou mal agradecida.

Faz hoje um ano que a minha vida deu uma volta de 180º e parou num sítio tão bom!

46.jpg

Hoje senti-me como se fosse o meu primeiro dia de aulas...

Hoje senti-me como não me sentia já à muito tempo: senti-me como se fosse o meu primeiro dia de aulas....

 
Acordei de madrugada e fui toda arranjadinha e bonitinha para causar uma boa primeira impressão, tal como fazia quando andava na escola e Faculdade, nos primeiros dias de aula de todos os anos lectivos, da escola ou nos primeiros semestres da Faculdade.
 
Cheguei cedo, muito cedo, com receio de apanhar trânsito e não apanhar lugar de estacionamento, só não dormi no carro por jeito ou por vergonha, porque reparei que começaram a chegar muitos carros a seguir e estacionar ao lado do meu!
 
Tivemos uma boa recepção tipica do primeiro dia de aulas, todos os "professores" importantes deram o seu discurso, discurso esse bastante agradável aonde me senti bem vinda, numa casa que ainda não considero minha, mas que com certeza irei considerar daqui em diante...
 
Ainda não tenho muito a acrescentar mas gostei, gostei do que vi e ouvi, é sempre bom saber que nos dão valor pelo nosso trabalho, trabalho esse feito com tanta dedicação e nem sempre bem apreciado ou agradecido. 
Mas esses tempos já lá vão, agora é tempo de seguir em frente com o espirito que vi espelhado no rosto dos meus novos colegas!
 
"Somente os extremamente sábios e os extremamente estúpidos é que não mudam."
Confúcio
 

Kikas

 

Nunca mais são 15h....

Nunca mais são 15h....

 

É a esta hora que vou ter uma Formação, que vai mudar de vez a minha vida, a minha perspectiva sobre a mesma e quiçá a pessoa que sou, a dita Formação tem como o título:

"Como empacotar os seus pertences para a mudança"

 

É uma Formação que sei que vai fazer de mim uma pessoa melhor, mais profissional, já para não mencionar que vai acrescentar imenso valor ao meu Curriculum Vitae!

Quando mudar de casa já tenho a qualificação necessária para o fazer sem o auxílio dos senhores da mudança, sim porque eu vou ter um Diploma, algo que nem toda a gente se pode gabar de ter...

É assim, é o que é, não é para quem quer, é para quem pode!!!

 

Estou ansiosa...

 

Kikas

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D