Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Semana de excesso

A semana anterior foi uma semana de excesso, e quando falo de excesso não me estou a referir à antiga e espectacular Boys Band portuguesa liderada por esse grande artista de nome Melão, falo mesmo de excesso de trabalho, cansaço, stress e ...... peso!

Descobri na semana passada que engordei, e para aí uns bons dois quilos! Duas camisolas/túnicas que me serviam na perfeição no Verão transacto agora ficam tipo camisolas de lycra na parte superior.... E porque é que eu engordei? (perguntei-me a mim própria) Como exactamente o mesmo que comia antes, não cedo à gula, não entro em doideiras culinárias ou de Fast Food, até que se fez luz! Porque deixei de andar os 30 minutos matinais e pós laborais que fazia há três meses atrás, quando ia a pé de Entrecampos ao Saldanha e vice-versa.

Mas se eu não emagrecia na altura porque é que agora engordo? Olhem não sei, não quero saber! Não posso cortar na alimentação porque isso significava deixar de comer, por isso só vejo uma opção: ser fit! Também é fixe, cool e está na moda, desta forma a partir da semana que vem vou começar a andar aos fins de semana, tenho dito! Ah porra que no próximo fim de semana são os Santos Populares... Vou começar a ser fit e fazer caminhadas daqui a duas semanas, quando perder os dois quilos que ganhei paro, quando ganhar novamente os dois quilos recomeço, e por aí adiante!

Ser fit #1

Ser fit não é para mim, não é a minha praia, mas de quando em vez lá me apanham na curva... Ontem estava a falar com o J. que tentou durante uma hora convencer-me a ir andar/correr com ele ao Paredão de Oeiras, depois de tanta insistência e promessas, que não sei se irão ser cumpridas, lá conseguiu dar-me a volta.

Em primeiro lugar tive que acordar às 08h30m num domingo, foi horrível, horroso mas lá consegui. Chegámos ao destino e começámos a correr em passo lento, acelerámos um pouco, depois mais um pouco, depois comecei a andar, a andar, a andar....Até que comecei a arrastar-me cada vez mais lentamente, o que me pareceram 100km, segundo consta, não passou dos 2.50km/3km... Sentei-me, amuei, não quis andar ou correr mais, quase que chorei (estou a dramatizar), o J. consegui convencer-me a andar mais um bocado, com a promessa de me levar de volta às cavalitas, nesses termos e condições óbvio que aceitei! Combinámos tentar novamente para a semana, mas com mais calma que só agora é que estou a retomar a minha carreira de fit estagnada durante alguns anos, a promessa do J. parece que vai ser cumprida, ou pelo menos assim me cheira (literalmente, cheira mesmo bem).

Agora só estou a desfalecer um bocadinho no sofá, com o tablet em riste e a mexer os únicos ossos que não me doem: o carpo, e metacarpo e os dedos, os ossos das mãos vá!

 

Sobre mim

foto do autor

O que se falou por aqui

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D