Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Eu practico bullying com os meus vizinhos

Quer dizer, eu e os meus vizinhos não practicamos bullying em conjunto, entenda-se, só eu com eles. E não me estou a referir aos recadinhos que por vezes lhes deixo no prédio, quero dizer aquele bullying que eles têm o (des)prazer de assistir todos os dias.

Como já aqui disse conduzir não é dos meus pontos fortes, estacionar também não! Pois desde que comecei a utilizar o carro com mais frequência decidi começar a treinar o meu pior pesadelo de estacionamento: estacionar de marcha-atrás!

Sempre estacionei super bem de frente, já de marcha-atrás são outros cinco minutos, por vezes até dez.... Quando tenho a sorte de sair no meu horário de saída normal, às 17 horas, chego à minha rua e estão imensos lugares vazios, eu penso logo "Boa! Vou estacionar de marcha-atrás", e é com cada razia ao carro do lado que até a mim me dói. Eu só imagino aquelas alminhas na janela a verem-me estacionar e a pensarem que é desta que lhes vou partir um farolim. Ainda não sucedeu, mas eu sei que os meus vizinhos me temem quando me vêm a chegar.... e a estacionar! 

E porque eu adoro deixar recadinhos....

.... Lá tive eu que deixar outro para uma vizinha minha....

Recuando um ano atrás, a Junta de Freguesia cá do sítio decidiu colocar duas barras de metal em frente de todas as entradas do prédio, tendo inclusive tido o cuidado de colocar um aviso na porta de todos os prédios a indicar que as ditas barras tinham como objectivo que ninguém estacionasse os carros à frente dos mesmos para o caso de haver alguma emergência e as ambulâncias e respectivos bombeiros pudessem circular sem restrições, toda a gente entendeu o assunto, até o dia....

Então sucede o seguinte: uma das minhas vizinhas do andar de cima, para além de andar de saltos altos desde que chega a casa até que se deita, o que é bastante agradável de se ouvir, agora tem uma moda nova! Estacionar à frente da porta do prédio e das barras de metal, se uma pessoa sair lançada do prédio espeta-se contra o carro que é um mimo!

Ela estacionou uma vez, duas vezes, três.... À quarta vez, que foi na segunda-feira, obviamente que tive que lhe deixar um recadinho no pára-brisas que rezava o seguinte:

"Cara vizinha de facto conseguir arranjar lugar para estacionar na nossa rua é extremamente complicado, lixado mesmo, veja lá que já me aconteceu chegar mais tarde e ter que estacionar na rua de baixo! Sim, foi horrível... Custa-me imenso ter que percorrer estas duas ruas paralelas para encontrar lugar, mas já o fiz, e não foi bonito! A sua estratégia de estacionar de facto é bastante melhor do que a minha, não tem preocupações em andar para aí a tentar arranjar lugar para estacionar, estacionar em cima do passeio, sítio esse frequentado pelos vulgos peões é que é, isso sim é civismo, admito que lhe gabo essa característica... Só que não! Agora vou-lhe dar três hipóteses e pode escolher entre uma delas colocando um X no quadradinho: Continua a estacionar à frente do prédio e magicamente o seu carro ser riscado de um lado ao outro, continua a estacionar à frente do prédio e magicamente lhe aparecer uma mossa na porta do pendura, ou eu chamo a Policia! A escolha é sua, fico à aguardar a sua respostas, tenha um óptimo dia e espero que consiga um lugar mesmo em frente da porta do seu trabalho, não quero que se canse a procurar um lugar como todos os comuns dos mortais!"

Não me devolveu o recadinho, estou à espera desde segunda-feira.... Podia ter deixado na caixa de publicidade do prédio que não lhe custava nada.... A ingratidão desagrada-me!

 

P.S.- Peço perdões por não ter fotografado o bilhetinho mas foi escrito na noite anterior à pressa, para a próxima documento o momento.

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D