Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Dia dos melhores amigos!

"Não se pode ter muitos amigos. Mesmo que se queira, mesmo que se conheçam pessoas de quem apetece ser amiga, não se pode ter muitos amigos. Ou melhor: nunca se pode ser bom amigo de muitas pessoas. Ou melhor: amigo. A preocupação da alma e a ocupação do espaço, o tempo que se pode passar e a atenção que se pode dar — todas estas coisas são finitas e têm de ser partilhadas. Não chegam para mais de um, dois, três, quatro, cinco amigos. É preciso saber partilhar o que temos com eles e não se pode dividir uma coisa já de si pequena (nós) por muitas pessoas.
Os amigos, como acontece com os amantes, também têm de ser escolhidos. Pode custar-nos não ter tempo nem vida para se ser amigo de alguém de quem se gosta, mas esse é um dos custos da amizade. O que é bom sai caro. A tendência automática é para ter um máximo de amigos ou mesmo ser amigo de toda a gente. Trata-se de uma espécie de promiscuidade, para não dizer a pior. Não se pode ser amigo de todas as pessoas de que se gosta. Às vezes, para se ser amigo de alguém, chega a ser preciso ser-se inimigo de quem se gosta.
Em Portugal, a amizade leva-se a sério e pratica-se bem. É uma coisa à qual se dedica tempo, nervosismo, exaltação. A amizade é vista, e é verdade, como o único sentimento indispensável. No entanto, existe uma mentalidade Speedy González, toda «Hey gringo, my friend», que vê em cada ser humano um «amigo». Todos conhecemos o género — é o «gajo porreiro», que se «dá bem com toda a gente». E o «amigalhaço». E tem, naturalmente, dezenas de amigos e de amigas, centenas de amiguinhos, camaradas, compinchas, cúmplices, correligionários, colegas e outras coisas começadas por c.
Os amigalhaços são mais detestáveis que os piores inimigos. Os nossos inimigos, ao menos, não nos traem. Odeiam-nos lealmente. Mas um amigalhaço, que é amigo de muitos pares de inimigos e passa o tempo a tentar conciliar posições e personalidades irreconciliáveis, é sempre um traidor. Para mais, pífio e arrependido. Para se ser um bom amigo, têm de herdar-se, de coração inteiro, os amigos e os inimigos da outra pessoa. E fácil estar sempre do lado de quem se julga ter razão. O que distingue um amigo verdadeiro é ser capaz de estar ao nosso lado quando nós não temos razão. O amigalhaço, em contrapartida, é o modelo mais mole e vira-casacas da moderação. Diz: «Eu sou muito amigo dele, mas tenho de reconhecer que ele é um sacana.» Como se pode ser amigo de um sacana? Os amigos são, por definição, as melhores pessoas do mundo, as mais interessantes e as mais geniais. Os amigos não podem ser maus. A lealdade é a qualidade mais importante de uma amizade. E claro que é difícil ser inteiramente leal, mas tem de se ser. "

Miguel Esteves Cardoso, in 'Os Meus Problemas'


Delícia De Amêndoa

Questões que me assolam a mente

Hoje vou abordar um tema que sempre me fez confusão, fiquei ainda mais confusa quando a Saracasticamente o abordou ontem num post: Cremes de dia e de noite!

O que me faz confusão no assunto é o seguinte: a nossa pele consegue distinguir um creme de dia e de noite?

Imaginemos que eu coloco um creme de dia com as luzes apagadas, tudo às escuras, a minha pele vai notar que a estou a enganar?

Imaginemos que eu vou visitar um país aonde ocorrem vários solstícios de Verão, como a Islândia e a Finlândia, e ao deitar-me coloco um creme de noite, como lá fora ainda é de dia, irá a minha pele pensar que a estou a engrupi-la?

Existem de facto assuntos fracturantes que me ultrapassam, e que nunca foram devidamente explorados (por mim), mas conto com a vossa ajuda para me explicarem o assunto. Especialistas ou conhecedores do assunto em questão deixem o vosso parecer na caixa de comentários sff. .

Um dia vais encontrar....

Um dia vais encontrar alguém que cabe em todo o teu ser, que vai entrar no teu coração sem te pedir, que te vai fazer sorrir apenas com um sorriso, que vai te elogiar não por obrigação ou dever mas porque gosta de ti como és.

Um dia vais encontrar alguém que te vai arrancar suspiros a cada murmuro no teu pé ouvido, alguém pra compartilhar alegrias e vitórias mas também para te chamar para a realidade quando for preciso e te vai dar força para seguires em frente quando te deparas com algum obstáculo da vida.

Um dia  vais encontrar alguém que não te vai compreender na tua plenitude e que por isso mesmo vai se esforçar ao máximo para se entranhar nos teus mistérios, nos teus pensamentos mais intímos e profundos.

Um dia vais encontrar alguém que oiça as mesmas músicas que tu, que entenda a tua dança e que cantem e dancem juntos aquelas músicas mais tolas que conheces.

Um dia vais encontrar alguém te queira por inteiro, porque o amor não vive de metades: "Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre." É esse alguém que te vai provar tudo que tens ouvido falar sobre o assunto mas que nunca o viveste na sua essência.

Um dia vais encontrar alguém que vai te mostrar que um abraço vale mais que mil palavras, um olhar vale mais do que mil sorrisos e que a saudade tem nome, cheiro e tato.

Mas tem calma. Não corras atrás de alguém que sabe muito bem onde te encontrar. É melhor estares sozinha a aproveitar o teu momento que escolher dividi-lo com a pessoa errada,  Ainda há tempo, sempre há.

Às vezes, o melhor da vida acontece entre coincidências e incoincidências, e encontros e desencontros improvisados.

 

O amor é música, é só preciso saber cantar e dançar mas sobretudo ter paciência para aguardar pela música certa! 

 

Kikas

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D