Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Diário semanal da Daisy - Cap.3

Continuação do capítulo anterior, continuação da cirurgia dentária:


No fim de semana que se seguiu à cirurgia estive forçada a um regime de líquidos. No sábado tudo corria bem, não tinha dores mas a minha cabeça só pensava que as dores ainda podiam surgir portanto limitei-me aos líquidos, gelatina e sorvete de fruta.
No domingo acordei normalmente, sem dores, inchaço ou qualquer outro mal estar, estava tudo normal, normal demais até, não doía, não inchou, nada, zero, rien de rien.
Pensei logo: ok se não dói posso pelo menos comer comida relativamente sólida, comi uma sopa, metade de uma carcaça com manteiga e a dor não apareceu, foi a minha desgraça, atirei-me no dia a seguir às comidas, comidas, daquelas sólidas e com sabor, aquele sabor que nos faz sentir tão bem por um lado e tão mal por outros, mas consegui satisfazer a gula de dia e meio de jejum.
Mas calma. isto não é tão bonito como mostram na tv, o implante não a comida, a comida é maravilhosa, mais na vida real do que na tv propriamente dita, nos programas de tv  entram e saem do consultório num abrir e piscar de olhos com os dentes lindos e maravilhosos eu ainda tenho de esperar uma semana para tirar os pontos e quatro meses para por o dente... E esta situação podia-me tirar a fome? Sim podia mas NÃO TIRA!

Até para a semana, boas dietas.

Daisy

Diário semanal da Daisy - Cap.2

Ah agora é que reparei, a Kikas alterou o nome da rubrica. Melhor assim, tem mais a ver comigo porque nem tudo na minha vida tem a ver com dietas, tem quase tudo, mas não tudo.

Hoje vou relatar-vos um episódio que me aconteceu recentemente, é um pouco traumático relembrá-lo mas tem que ser.

 

Então é assim há uns meses parti um dente, um daqueles que ficam na parte lateral mas que não nos podemos rir condignamente sem que se note. Primeiro pensamento: estou feita! Agora sou gorda, desdentada e quase careca, sim porque eu vejo mais cabelo espalhado por todo o chão da minha casa do que na cabeça. Voltando à minha perda: fui ao dentista, sem direito sequer a fazer um luto condigno ao falecido, contudo ainda coloquei o dente por baixo da almofada esperando que durante noite lá fosse a fada dos dentes e ao invés de me deixar uma notinha me retirasse 15kg, não custa pedir. Fui à minha dentista onde lhe contei o que me sucedeu e o que fiz ao que bruta e bruscamente a Sra. Dra. me disse que não existe a fada dos dentes, fiquei desolada da vida, pelos vistos no Brasil não existe tal fada, apenas esqueléticas com implantes a sambar no Carnaval. Passando este segundo choque a Sra. Dra. lá me disse que teria que colocar um implante o que implicava uma cirurgia para colocar um parafuso, e que após quatro meses teria novo dente, isso deu-me um novo alento e não só pelo dente em si, pensei de imediato que iria juntar o útil ao agradável: ficava três dias sem comer devido à cirurgia, só a líquidos, o que na minha mente era o equivalente a perder 3Kg, até me senti iluminada naquele momento só de pensar nos 3Kg que iria perder.

Mas eu não consigo celebrar seja o que for sem comida e pensei logo em despedir-me de algumas das coisas que mais gosto, ok pensei em todas mas também sabia que não tinha tempo para tal, convidei uma amiga para uma bela jantarada com direito a entradas, pão caseiro, queijo alentejano, presunto, lasanha e a bela da salada. Para sobremesa éclairs, bavaroise de ananás (para cortar a gordura) e preparei-me mentalmente para uma semana de jejum.
Ah é verdade, uma semana não tem só três dias, upsy ups.

Para a semana a continuação da saga do dente, boas dietas!
 

Daisy

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D