Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Já respondias aos Suecos, não?

Está visto e revisto que quem ficou mais chocado com a atribuição para o Prémio Nobel da Literatura de 2016 não foi o mundo em geral, foi o próprio do Bob Dylan, até à data e hora em que escrevi este post ainda não se tinha pronunciado sobre o prémio, nem sequer respondido às inúmeras tentativas de contacto por parte da academia Sueca.

Meu amigo não queres não comes!

Tu provavelmente deves-te recordar melhor do que eu, uma vez que na altura eu ainda não tinha nascido e tu já contavas com uns bons 23 anos no lombo, que o Jean-Paul Sartre não aceitou o Prémio Nobel da Literatura de 1964 e não há relatos que alguém tenha falecido por causa disso.

Não querer falar com alguém da academia por telefone sobre o assunto até pode ser normal só que não, existe a barreira linguística o que pode dificultar a comunicação e/ou entendimento entre ambas as partes, mas existem outras formas de comunicação sabias? O mundo inteiro já se apercebeu que tu não estás nem aí para a coisa mas um agradecimentozinho como sinal de apreço não te ficava mal. Como alternativa sempre podes enviar um e-mail, ou vá, pedir a alguém que o envie por ti. Em caso de recusa, que me parece ser o caso, sempre podes utilizar estas frases tipo que aqui te vou deixar:

- Thanks but no thanks.

- I'm not that into you.

- It's not you, it's me.

- I have a felling that in December i'm gonna have a really bad headache.

- I can't accept, my religion don't believe in awards.

São frases que demoram 15 segundos a escrever e não vão ser esses 15 segundos que te vão estragar as 24 horas de um dia, nem as tuas três horas de sesta!

Pensa nisto com carinho, o mundo quer a tua resposta, e a academia Sueca quer saber se coloca mais um prato na mesa da cerimónia ou não....

Ah ganda Bob!

Foi anunciado ontem, para grande surpresa dos escritores em geral e do mundo em particular, que o vencedor do Prémio Nobel da Literatura de 2016 é nem mais nem menos do que Bob Dylan, o primeiro músico a ser dintiguido nesta categoria, ou em qualquer outra ligada aos Prémios Nobel, que se saiba não existem registos de um músico ter recebido algum Prémio Nobel da Medicina, por exemplo.

De acordo com a Academia Sueca o música foi distinguido "Por ter criado novas formas de expressão poética no quadro da grande tradição da música americana". Tenho que concordar, o Bob Dylan é de facto um grande poeta da música, escreveu uma vasta gama lista de músicas com uma qualidade e profundidade inegáveis, daquelas que nos fazem pensar sobre o que somos, o que queremos ser, fazer, sonhar, enfim um sem número de sentimentos.

Outra coisa que o Bob Dylan tem, e que me agrada tanto ou mais dos que as músicas. é o filho Jakob Dylan que podem ver Aqui , não possui o mesmo talento musical que o pai, apesar de também ser músico, mas é detentor de outras qualidades bastante apreciadas pelos membros do género feminino.

Parabéns Bob Dylan, és grande pá!

P.S. - Se formos pela ordem de ideias da Academia Sueca, o Quim Barreiros que compre já um bilhete para Estocolmo, é só o que vos digo!

P.S.S. - Este é o 56º post sobre o Prémio Nobel da Literatura de 2016 até à data e hora.

Sobre mim

foto do autor

O que se falou por aqui

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D