Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Quem é que já se googlou?

Já aqui alguém experimentou googlar-se? É simples, coloquem os vossos nomes no Google e vejam o que aparece por lá.

Eu já experimentei e não gostei! Descobri que por muita privacidade que possa ter nas redes sociais, tudo o que se pesquisa tudo se encontra, tudo mesmo. Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, Google+ e por aí adiante, apenas exemplifiquei a situação com as redes socias que utlizo e que contenham o meu nome real.

Já ouvi dizer que "uma vez na Internet, para sempre na Internet" e é a mais pura das realidades, é óbvio que podem reforçar os níveis de privacidade, mas irão sempre encontrar por lá alguma coisa, sempre, nem que seja uma foto de capa do Facebook ou uma daquelas frases pré feitas que tenham colocado no Instagram. Eu por exemplo encontrei esses dois exemplos e o que mais me chocou: a foto que tinha no Google+. Escusado será dizer que essa foto desapareceu para todo o sempre, mas é certo que encontro sempre qualquer coisa que identifique como minha ou publicada por mim, e isso assusta-me. Aliás a Internet por si só assusta-me....

Googlem-se e depois digam-me se encontraram alguma coisa.

P.S. - As palavras "googlou", "googlar-se" e "googlem-se" não existem em qualquer dicionário de português, eu sei e estou ciente disso, desta forma agradeço que não me ofereçam aulas da minha língua materna.

O que se falou por aqui

  • Imagem de perfil

    Kikas 26.10.2016

    Então não existes
  • Imagem de perfil

    Joana Marques 26.10.2016

    ainda bem...
  • Imagem de perfil

    Kikas 26.10.2016

    Ahah também é daquelas coisas que dispenso
  • O que é que achas?:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.