Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Pinterest foi proibido na China

Pinterest é uma rede social de compartilhamento de fotos. Assemelha-se a um quadro de inspirações, onde os usuários podem compartilhar e gerenciar imagens temáticas, como de jogos, de hobbies, de roupas, de perfumes, etc. Cada usuário pode compartilhar suas imagens, recompartilhar as de outros utilizadores e colocá-las em suas coleções ou quadros (boards), além de poder comentar e realizar outras ações disponibilizadas pelo site.

In Wikipédia a Enciclopédia livre

Ao que parece a China após proibir a utilização do Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat no seu território bloqueou o acesso ao Pinterest a todos os habitantes da República Popular da China.

Ora vamos lá por partes: todos sabemos, ou deveríamos saber, que a China não é propriamente o país mais democrático do mundo e arredores, todos nós sabemos, ou deveríamos saber, que o Pinterest não é uma rede social (e mesmo que fosse qual era o problema Pequim??) é somente e apenas um site onde se compartilham e guardam imagens, por isso pergunto eu aí à malta da Sessão Anual Legislativa Chinesa - data a partir da qual o site deixou de estar disponível em terras de Mao Tsé-Tung -  qual é que é o vosso problema? Vocês sabem que apesar de não quererem há-de haver sempre alguém que vai conseguir aceder ao Pinterest sacar imagens, partilhá-las, compartilhá-las e passá-las de geração em geração nem que seja por portas e travessas, através de hackers ou piratas informáticos (que são a mesma coisa), porquê dificultar a vida às pessoas?

Já dizia o vosso modesto, inteligente e democrático só que não fundador Mao Tsé-Tung "Só progride quem é modesto. O orgulho obriga a dar passos para trás".

E quantos passos para trás se deram nestes últimos dias na China! Shame on you!

21.jpg

 (Imagem retirada do Pinterest)

O que se falou por aqui

O que é que achas?