Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Já respondias aos Suecos, não?

Está visto e revisto que quem ficou mais chocado com a atribuição para o Prémio Nobel da Literatura de 2016 não foi o mundo em geral, foi o próprio do Bob Dylan, até à data e hora em que escrevi este post ainda não se tinha pronunciado sobre o prémio, nem sequer respondido às inúmeras tentativas de contacto por parte da academia Sueca.

Meu amigo não queres não comes!

Tu provavelmente deves-te recordar melhor do que eu, uma vez que na altura eu ainda não tinha nascido e tu já contavas com uns bons 23 anos no lombo, que o Jean-Paul Sartre não aceitou o Prémio Nobel da Literatura de 1964 e não há relatos que alguém tenha falecido por causa disso.

Não querer falar com alguém da academia por telefone sobre o assunto até pode ser normal só que não, existe a barreira linguística o que pode dificultar a comunicação e/ou entendimento entre ambas as partes, mas existem outras formas de comunicação sabias? O mundo inteiro já se apercebeu que tu não estás nem aí para a coisa mas um agradecimentozinho como sinal de apreço não te ficava mal. Como alternativa sempre podes enviar um e-mail, ou vá, pedir a alguém que o envie por ti. Em caso de recusa, que me parece ser o caso, sempre podes utilizar estas frases tipo que aqui te vou deixar:

- Thanks but no thanks.

- I'm not that into you.

- It's not you, it's me.

- I have a felling that in December i'm gonna have a really bad headache.

- I can't accept, my religion don't believe in awards.

São frases que demoram 15 segundos a escrever e não vão ser esses 15 segundos que te vão estragar as 24 horas de um dia, nem as tuas três horas de sesta!

Pensa nisto com carinho, o mundo quer a tua resposta, e a academia Sueca quer saber se coloca mais um prato na mesa da cerimónia ou não....

O que se falou por aqui

O que é que achas?