Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

A morte anunciada da Conchita

Depois de uma longa, extensa e entusiasmante noite de Óscares à qual eu não assisti e sobre a qual não me vou pronunciar de momento, venho por este meio anunciar, a quem ainda não sabe, que a Conchita Wurst, a mulher de barba que venceu o Festival da Eurovisão em 2014, vai falecer! Tenham lá calma não é a/o senhor/a que vai bater as botas é a personagem criada para o efeito, bastante criativa diga-se de passagem.

De acordo com o jornal alemão Die Welt a personagem Conchita Wurst vai deixar de existir e pegando nas palavras do criador da mesma ao supra citado jornal "Com a mulher de barba atingi tudo o que pretendia desde a vitória no Festival da Eurovisão. Já não preciso dela, tenho de a matar".

Thomas Neuwith só tenho uma ceninha para te dizer: as mulheres não são para usar e deitar fora, com ou sem barba, até porque não é nada que uma boa depilação a laser não resolvesse, mas tu é que sabes. Agora quero ver se consegues arranjar uma coisinha melhor e mais rentável, vou estar cá para ver isso!

Aqui deixo para a posterioridade a música que catapultou a mulher da barba para o sucesso:

(Vídeo retirado daqui)

Conchita com ou sem barba bates forte cá dentro!

P.S. Tenho uns talões de desconto de uma clínica de estética com 30% de desconto em depilações a laser, se precisares manda-me um e-mail querida.

O que se falou por aqui

O que é que achas?

Pág. 1/2