Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

A menina pequenina

Era uma vez....

Uma menina muito pequenina que cresceu mas continuou pequenina. Porém continuou pequenina apenas em tamanho, apesar de ser uma criança muito tímida e reservada quando cresceu a sua personalidade cresceu com ela, e a outrora menina tímida e reservada tornou-se uma mulher forte e com uma personalidade vincada.

 

Nos dias que correm onde temos que corresponder a determinados padrões impostos pela sociedade, nem sempre uma 'menina' com uma personalidade forte é bem aceite, mas desde que saibamos utilizar essa personalidade de forma inteligente rapidamente nos apercebemos que podemos contrariar as maiores adversidades com uma força inacreditável.

 

A menina pequenina sabe que ao utilizar alguns truques como: manter os pés na terra, aceitar a incerteza, saber gerir as emoções, aprender com os seus próprios erros, assumir a responsabilidade pelas escolhas que fizeram (boas ou menos boas), aceitar o que não se pode mudar e utilizar o humor com astúcia e inteligência, consegue fazer vingar a sua personalidade.

 

A menina pequnina também sabe que ter uma personalidade forte não significa ter que achincalhar ou hulmilhar o próximo, e consegue ser uma pessoa agradável e simpática para quem o merece porque sabe que todos nós podemos aprender a ser simpáticos, só precisamos estar dispostos a tentar ser uma pessoa 'melhor'.

 

A menina pequenina aprendeu ao longo dos anos e através de experiências de vida, umas mais agradáveis do que outras, que a sua personalidade deve ser uma imagem de marca, sem se sobrepor à boa educação e ao respeito ao próximo!

 

A curta 'história' da menina pequenina aplica-se a todas a meninas e meninos de todos os tamanhos, raças e credos. Sejam vocês próprios, sem medo de represálias ou comentários depreciativos de quem vos rodeia, quem gosta de nós, gosta de como somos, sejamos nós tímidos ou não, introvertidos, extrovertidos, divertidos, sisudos, contidos, com personalidade forte ou com a personalidade que tivermos. Aprendam a aceitar-se a vocês mesmos, tal qual como a menina pequenina o fez, que os outros também vos irão aceitar!

 

A menina pequenina tem agora como lema de vida: 'Posso ser pequenina mas a mim ninguém me pisa'.

 

33.png

Kikas 

 

 

 

O que é que achas?:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.