Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Aqueles dias...

Aqueles dias em que acordas à mesma hora de sempre, demoras mais 10 minutos do que o normal para te arranjares e por conseguinte sais 10 minutos mais tarde de casa. Aqueles dias em que para além do trânsito normal ainda apanhas com três autocarros e cinco camiões TIR à tua frente é vês-te grega para os conseguires ultrapassar porque ocupam as duas vias em largura. Aqueles dias em que chegas à cafetaria e ouves a piada diária do senhor do primeiro andar "hoje sou eu que pago o café" e que hoje em vez de te rires forçadamente respondes à bruta: "O café é de graça porra". Aqueles dias em que estás com uma cara de quem andou na borga a noite toda e todos te perguntam o que se passa e tens que forçar um sorriso amarelo e fingir que está tudo bem, o que na realidade até está, o problema é que hoje é um daqueles dias.... Daqueles dias em que estás com um sono do carago! Mas amanhã é outro dia....

À tarde vou arranjar as unhas para ver se passa!

Diário semanal da Daisy - Cap.6

Ultimamente aos dias de semana tenho ido comer fora e tenho levado uma máxima comigo, que é não comer tudo e tentar não lamber o prato fazem como aquela tiazorras esqueléticas que dão duas garfadas de salada e sentem que comeram um boi, eu estava decidida a fazê-lo e a cumprir o meu objectivo. Se bem pensei melhor o fiz e qual não é o meu espanto quando sou abordada pela menina do restaurante que me diz: "Não desperdice a oportunidade de ajudar " ora passo a explicar, agora dão-nos um cartão anti desperdício e temos de mostrar às meninas o prato vazio no final da refeição (como fazíamos quando éramos gaiatos) e desta forma ganhamos carimbos no dito cartão que quando se encontra todo carimbado se transforma em doações.
A sério? Isto é mesmo a sério? Incrível pá, tantos anos a lamber o prato e só agora se lembram disto. Digam-me lá se isto é mania da perseguição ou se não é o universo a conspirar contra mim? 

Quando faço jantares ou  petiscos em casa no fim pergunto aos meus convidados quem quer caixinhas para levar os restos e fica tudo muito agoniado (ou envergonhado) e  dizem-me sempre que não porque não comem nada disso em casa e no fim claro é a gordalhufa que fica com tudo, porque sim a gordalhufa pode comer e ter em casa coisas gordurosas e doces.  Nos últimos jantares fiz sempre a mesma pergunta e obtive a mesma resposta, eu ainda alerto "olhem que vai para o lixo" e parece que ninguém acredita e até já chegaram a comentar "cala te tu não deitas nada fora e comes isso amanhã"  Sentindo-me revoltada e agoniada com tais palavras agarrei num saco do lixo e tudo o que era doces, boles, fritos e afins foi para o caixote do lixo provocando o choque e pânico geral. Reparem e pensem comigo:  as magritas só podiam comer nesse dia e aqui a gorda tinha de andar a semana toda a comer as sobras, porque de facto é verdade odeio desperdício e desperdiçar comida mas foi a minha última revolta nesta minha jornada da minha dieta!

Até para a semana e boa dietas.

Daisy