Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

CR7 sozinho em casa

A operadora Meo decidiu recriar uma versão do filme que provavelmente muitos de vós não conhece nunca viu e que só passa na televisão nos últimos 25 Natais, o "Sozinho em Casa" em versão anúncio, e com a participação de Cristiano Ronaldo e da D. Dolores, quem ainda não viu o dito anúncio na TV pode dar uma espreitadela aqui:

(Vídeo retirado daqui)

Ora vamos lá por partes e analisar o anúncio de uma forma global, minuciosa e realista!

Se a casa fosse efectivamente do Cristiano Ronaldo não seria aquele cubículo que apresentam, não apareciam apenas aquela meia dúzia de pessoas e a música de fundo seria "Latina de cuerpo y alma" da Kátia Aveiro e não o "We wish you a Merry Christmas...". Outra das peças que faltam naquele quadro natalício é Jorge Mendes, acham mesmo que ele iria deixar o CR7 sozinho em casa? O seu pote de ouro, o seu ganha-pão, o seu mais que tudo? Claro que não! E o Ronaldinho onde pára? E as manas, os cunhados e os ex-cunhados? Será que quando a D. Dolores está no avião e proclama "tenho a sensação de que me esqueci de qualquer coisa" será que está a mencionar os cartões de crédito ou o filho? Ou ambos os dois? (Sim isto é uma redundância e o blog é meu e eu escrevo as redundâncias que quiser!)

Se alguma das vizinhas se apercebesse que toda a gente saía de casa, à excepção do próprio Cristiano, o mesmo não ficaria sozinho em casa por muito tempo, for sure!

Tirando isto tudo o anúncio até está bem conseguido, parabéns à Meo, ou para ser mais exacta, aos publicitários da Meo.

A minha operadora por acaso até é da concorrência, mas pessoal da Meo se quiserem que publicite a vossa terei todo o gosto em fazê-lo, não sou nenhum Cristiano Ronaldo mas farei o meu melhor, deixo-vos aqui a promessa, e a minha publicidade sairá bem mais em conta do que a do CR7, também têm que ter isso em conta.

(Lá estou eu a mandar o barro à parede novamente...).