Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Fui a um Shopping num feriado

Fui a um Shopping hoje, que é feriado, e senti que tinha entrado num mundo paralelo, na Twilight Zone...

Vi tudo o que queria ver mas sobretudo o que a minha mente não estava preparada para ver. Vi pessoas em pleno Agosto com 40°, vi pessoas em Dezembro com 8°, vi verdadeiros atentados terroristas nas caixas do supermercado, vi casais amarfalhados como se o mundo fosse acabar hoje, vi casais a discutirem, para gáudio do público em geral e para um espéctuaculo digno de som e luz para dois velhotes em particular (mais som do que luz, obviamente)....

Vi muita coisa que não devia ter visto, estes são apenas os exemplos que consegui gravar, os outros fiz um auto delete para conseguir manter a minha saúde mental relativamente estável...

Ainda assim: Bom feriado para todos!!

O meu blog é melhor que o teu!

Não, não é!

O meu blog é diferente do teu, e de todos os outros que existem por esta blogoesfera fora, não é melhor nem pior é apenas diferente, não existem dois blogs iguais pelo simples motivo que não existem duas pessoas iguais! Simples e compreensível assim, certo?

Cada qual cria um blog para o que quer e lhe dá na real gana, o que eu escrevo não tem que ser igual ao que os outros escrevem nem vice versa, e podemos gostar muito de um blog e menos de outro, porque não nos identificamos com o post, a temática do blog ou simplesmente porque não, mas até hoje não existem relatos que alguém tenha falecido por causa disso.

90% dos blog são comentados e acompanhados por algo que também existe na vida real e que se chama empatia, gostamos do blog começamos a segui-lo e chega-se a uma altura que se cria um elo de ligação com a pessoa que está do outro lado do ecrã, identificamo-nos com o que escreve, como escreve, como comenta e assim se criam laços de amizade virtual neste mundo dos blogs.

O nosso blog é pessoal e intransmissível, reflecte a nossa imagem, ou a imagem que queremos passar, daí à presunção de que somos mais "bloggers" do que os outros acaba por ser um pouco ilusória e desfasada da realidade, da realidade e da realidade virtual.

Eu pessoalmente também não me identifico com alguns blogs e a minha táctica é muito à frente querem saber qual é? Querem? Querem mesmo, mesmo? Passo ao lado, não visito, não comento nem vou lá achincalhar só porque sim. Se existem bloggers que dão erros ortográficos? Sim existem, mais do que o desejável até, mas o que é que eu ganhava por ir lá comentar que a palavra X se escreve de maneira Y? Rigorosamente nada! Eu própria por vezes dou alguns pontapés na língua portuguesa troco o à pelo há mais vezes do que queria. mas que seja do meu conhecimento não existe por estes lados nenhum candidato ao Prémio Nobel da Literatura, eu tenho cá para mim que se o José Saramago ainda estivesse entre nós e tivesse um blog haveria de ser pouco enxovalhado por causa da falta de pontução, haveria!

Não se aborreçam com os blogs isto é só um local para chill out e não uma variante da velha máxima masculina: "O meu é maior do que o teu", escrevam sobre o que quiserem, comentem os blogs que gostam e passem ao lado dos que não gostam. Um blog é um blog e existem milhares espalhados por aí, o meu e o vosso é só mais um neste mar de blogs que por aqui andam a deambular diariamente, não é uma obrigação, não é um dever e sobretudo não é uma competição!

E é isto! É a opinião que tenho sobre os blogs, o meu blog é o meu escape, o meu hobbie, mas também sei que para alguns é mais do que isso, mas cada um sabe o que faz ou quer fazer com o seu, isso a mim já não me diz respeito, eu tomo conta do meu e só eu sei a trabalheira que isto dá! Mas quem corre por gosto não se cansa, e eu não me canso do meu blog, apesar de saber que não é melhor nem pior do que os outros que por aqui e por aí circulam.

Estou a brincar: o meu é melhor do que o teu sem sombra de dúvidas, mais não seja porque é meu! #sqn

(Este é provavelmente o post sobre blogs onde se escreveu o maior número de vezes a palavra blog)

Pág. 4/4