Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

E quando eles vêm com ela fisgada

Meus caros bloggers do sexo masculino venho por este meio informar-vos que, caso não tenham reparado e tenho a certeza que muitos de vós não repararam, isto é uma plataforma de blogs e não um site de engates!

Como é mais do que óbvio este post não se destina a todos os membros do sexo masculino que se encontram nesta plataforma, no Sapo Blogs, já tive o gosto e o prazer de trocar ideias com alguns bloggers que não se enquadram nesta categoria, que são homens com H grande e estão aqui a fazer o que é suposto fazer num blog: escrever, partilhar fotografias, dar sugestões e até conviver sem qualquer tipo de segundas intenções ou má fé com bloggers do sexo feminino.

Este post destina-se de facto a quem utiliza o blog como meio de conseguir arranjar alguém, para engatar vá, vamos lá começar a chamar as coisas pelos nomes.

O que eu escrevo no meu blog, quem eu comento no meu blog, as palavras que utilizo no meu blog, a forma como eu trato as pessoas do sexo masculino no meu blog podem ser interpretadas de forma distorcida por quem tem uma mente distorcida, quem tem uma mente relativamente sã sabe e compreende que esta é a minha maneira de ser e de tratar quem cá vem, sempre fui assim e sempre serei. Eu criei este blog para escrever, para ser um escape ao stress do dia a dia e não para me stressar ainda mais. Lá porque escrevi um post há seis ou sete meses onde mencionava que não tinha namorado não significa que agora não tenha, eu não escarrapacho a minha vida pessoal aqui, nem aqui nem em lado nenhum aliás, a minha vida pessoal é só minha e não de uma, duas ou três comunidades virtuais! Ainda que não tenha namorado (a dúvida fica no ar) uma coisa vos garanto: não será através do blog ou de qualquer outro local situado por esta Internet fora que irei procurar a minha "cara metade", até podem vir com ela fisgada, mas daqui não levam nada, ai daqui não levam nada, já escreveu essa grande poetisa dos nossos tempos Ruth Marlene....

Para estes bloggers a quem me dirijo, e que se porventura lerem este post, deixo-vos aqui algumas sugestões de sites criados para o efeito, e nem se atrevam a dizer que sou mázinha tendo em conta que efectuei uma pesquisa intensiva para vos ajudar nesta vossa demanda, aqui estão eles:

- Tinder

- Badoo

- Chat Blá Blá

- Novas Emoções

- Portal da Amizade (lol)

- Clube da Amizade (duplo lol)

Peço perdões por não ter indicado os links mas acho que já vos ajudei o suficiente, para mais informações façam-se à vida antes que a vida se faça a vocês (atenção: "vida" não é uma blogger do sexo feminino, não fiquem já com ideias).

 

Não sou uma blogger

Cheguei hoje à conclusão que não sou uma blogger, aliás nem nunca me considerei como tal, sempre tive em mente que era uma pessoa com um blog, hoje tive a confirmarção.

Já estou a olhar para o ecrã há cerca de meia hora e nada! Estou sem imaginação, sem palavras e sem temas. E isto minha gente não é ser uma blogger, uma blogger sabe sempre o que há-de escrever, pensa-as com antecedência ou até na própria hora e coloca-as no blog com a maior das naturalidades, hoje estou com um bloqueio de escrita, ou um writer's block para ser mais fine....

As ideias fogem-me mais rápido do que o dinheiro no início do mês, não consigo escrever dois parágrafos condignos de serem lidos, é uma sensação desoladora (não tão desoladora como a fuga do dinheiro atenção), hoje sinto que falta uma parte de mim, a minha imaginação e criatividade não estão a colaborar com a causa, de todo aliás! Não me sinto uma blogger, hoje não sou uma blogger, sou apenas uma tuga normal a queixar-se da vida.....

Hoje ela eu diz que não dá, não dá, não dá, não dá.

 

No Facebook todo o cuidado é pouco!

Desde ontem (ou antes de ontem) que circula no Facebook a seguinte publicação:

FB_IMG_1476867650203.jpg

Atenção! Dia 28/10/2016 é sexta-feira, para os mais distraídos, e porque eu sou muito vossa amiguinha, aconselho-vos a não acertar o relógio nesse dia/noite, façam-no de dia 29 para 30, esse sim é o dia correcto para acertar os ponteiros. Não retirem da Internet publicações de 2013 porque podem porventura, quiçá, talvez, enganar inadvertidamente os mais aluados, eu incluída! No Facebook todo o cuidado é pouco, e quem vos avisa vossa amiga é... Kikas, a prestar serviço comunitário no Sapo Blogs desde Dezembro de 2015, com muito orgulho!!

Diário semanal da Daisy - Cap.2

Ah agora é que reparei, a Kikas alterou o nome da rubrica. Melhor assim, tem mais a ver comigo porque nem tudo na minha vida tem a ver com dietas, tem quase tudo, mas não tudo.

Hoje vou relatar-vos um episódio que me aconteceu recentemente, é um pouco traumático relembrá-lo mas tem que ser.

 

Então é assim há uns meses parti um dente, um daqueles que ficam na parte lateral mas que não nos podemos rir condignamente sem que se note. Primeiro pensamento: estou feita! Agora sou gorda, desdentada e quase careca, sim porque eu vejo mais cabelo espalhado por todo o chão da minha casa do que na cabeça. Voltando à minha perda: fui ao dentista, sem direito sequer a fazer um luto condigno ao falecido, contudo ainda coloquei o dente por baixo da almofada esperando que durante noite lá fosse a fada dos dentes e ao invés de me deixar uma notinha me retirasse 15kg, não custa pedir. Fui à minha dentista onde lhe contei o que me sucedeu e o que fiz ao que bruta e bruscamente a Sra. Dra. me disse que não existe a fada dos dentes, fiquei desolada da vida, pelos vistos no Brasil não existe tal fada, apenas esqueléticas com implantes a sambar no Carnaval. Passando este segundo choque a Sra. Dra. lá me disse que teria que colocar um implante o que implicava uma cirurgia para colocar um parafuso, e que após quatro meses teria novo dente, isso deu-me um novo alento e não só pelo dente em si, pensei de imediato que iria juntar o útil ao agradável: ficava três dias sem comer devido à cirurgia, só a líquidos, o que na minha mente era o equivalente a perder 3Kg, até me senti iluminada naquele momento só de pensar nos 3Kg que iria perder.

Mas eu não consigo celebrar seja o que for sem comida e pensei logo em despedir-me de algumas das coisas que mais gosto, ok pensei em todas mas também sabia que não tinha tempo para tal, convidei uma amiga para uma bela jantarada com direito a entradas, pão caseiro, queijo alentejano, presunto, lasanha e a bela da salada. Para sobremesa éclairs, bavaroise de ananás (para cortar a gordura) e preparei-me mentalmente para uma semana de jejum.
Ah é verdade, uma semana não tem só três dias, upsy ups.

Para a semana a continuação da saga do dente, boas dietas!
 

Daisy

Ronhonhices minhas #1

Eu, tal como muitos de vós por aí espalhados, tenho as minhas próprias ronhonhices, e hoje para começar vou partilhar algumas das coisas que eu não gosto e que a maioria de vós gosta.

Agarrem-se porque porque isto pode ser forte demais para alguns, ferir algumas susceptibilidades alheias ou apanhar alguém na curva! Esta primeira parte das ronhonhices minhas vai-se basear única e exclusivamente em comida e bebida, here goes nothing:

- Não gosto de pizza, consigo ficar agoniada somente e apenas com o cheiro das mesmas.

- Não gosto de chocolate, se para alguns uma tablete de chocolate não é o suficiente para mim um quadradinho já me enjoa para o resto do mês.

- Não gosto de arroz de pato, este não consigo explicar deve ser por causa da carne, sei lá!

- Não gosto de borrego, cabrito e leitão, por esta ordem.

- Não gosto de francesinhas, peço desculpa ao pessoal do Norte e da Invicta mas aquilo tem muita coisa lá dentro para o meu gosto.

- Não gosto de caracóis, muito nheca para mim.

- Não gosto de vinho tinto.

- Não gosto de caipirinhas.

- Não gosto de coca-cola.

- Não gosto de sumos em geral e sumos gaseificados em particular.

- Não gosto de sumos detox, como bem explicou o Ricardo Araújo Pereira numa das rubricas da Mixórdia de Temáticas, isso no meu tempo chamava-se gaspacho e não sumos detox muito vegetal e legume num "sumo".

E com isto tudo ainda não consegui perder os dois quilos que ganhei em três meses porra!

 

Pessoal, está tudo bem?

Pessoal, está tudo bem?

Dei agora uma volta por alto pelo Facebook e pelos blogs e só vi 37 publicações sobre o facto de hoje ser domingo e amanhã segunda-feira, fiquei um pouco preocupada admito. Tudo bem que ainda é cedo, muita gente ainda está a fazer o jantar ou a jantar mesmo, por isso ainda renovo as esperanças de ver mais gatinhos, bebés e minions com carinhinha triste sobre este grande acontecimento que sucede todas as semanas. mas que para muitos é um grande auxiliar de memória!

Sim confere, hoje é domingo e amanhã segunda-feira. Vou deixar aqui o meu contributo para a os mais cabeça no ar em geral e para a humanidade em particular:

12.jpg