Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Obesidade, corpo e imagem corporal/Partilha a tua experiência

A pedido da Goretti Nunes que se encontra neste momento no segundo ano do Mestrado em Sociologia e a elaborar uma dissertação em torno da análise das questões da obesidade, do corpo e da imagem corporal, agradecia que dessem uma espreitadela ao seu bloghttp://investigacaoubigoretti.blogs.sapo.pt e se puderem ou quiserem, quem tenha entre 15 a 30 anos seja do sexo masculino ou feminino, participem.

 

É um tema bastante recorrente nos dias de hoje, e por vezes um assunto um pouco frágil de explicar ou falar quando se passa por essas situações, e além do mais não custa nada ajudar a Goretti Nunes para que posteriormente a mesma possa ajudar os outros.

 

Obrigado, beijinhos e abracinhos!

 

Kikas

Está visto que o problema é meu!

Está visto que o problema é meu!!

 

Quando se é sistematicamente alvo de criticas por determinado/s comportamento/s que tens, e que por acaso fazem parte da tua maneira de ser, por um certo e determinado número de pessoas, sejam elas duas ou três, pelo que dizes ou não dizes, fazes ou não fazes, chega-se a uma altura em que temos que aceitar que o problema é nosso.

 

Não me considero a melhor pessoa do mundo mas também não sou a pior caramba!! Já me começo a chatear por ser constantemente alvo de julgamentos por parte de outros pelo que sou e sempre fui, sempre fui a mesma, já desde à uns anos para cá que não mudei! 

Se calhar se me tornar uma sonsinha, um pãozinho sem sal, uma parvinha comece a ver outros resultados e me comecem a aceitar melhor.

Acho que há quem prefire gente falsa, ciníca, com duas caras, do que pessoas como eu que possuem alguma frontalidade na sua maneira de ser.

 

Hoje sinto-me chateada, aborrecida, consternada por não aceitarem parte de mim pelo que sou, e pelo que sempre serei.

Lamento informar mas ainda está para chegar ou para nascer quem me irá mudar!!

 

Take as i am, or whatch me as i go!

 

P.S. Desculpem a revolta mas é também para isto que um blog serve, certo?

 

Kikas

Lisboa menina e moça

Hoje vou começar a minha contagem decrescente para me despedir da "minha" Lisboa....

 

Vão ser cinco dias intensos repletos de menórias e recordações!

Cinco dias intensos em que vou aproveitar cada minuto das oito horas que cá passo para que fique ainda mais cravado na alma tudo que por aqui aquilo que passei, e foram muitos os momentos....

 

Lisboa foi a cidade que me viu nascer e tornar-me a pessoa que sou hoje em dia, a adulta em que me tornei. 

 

Desde a minha entrada para a Faculdade até começar a trabalhar, tudo aconteceu aqui na minha Lisboa.
Eu sei que vou sentir muitas saudades, saudades do que passei, dos bons momentos, dos maus e dos médios. Saudades dos dias frios de Inverno e das tardes quentes de Verão, saudades do frenesim, saudades da confusão, saudades da capital...

Já não vou sentir assim tantas saudades dos transportes públicos!

 

"Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida"

 

Kikas