Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Errata ao Post 103

Para quem não sabe o Post 103 é o último post que publiquei sob o título: Agora é quem ninguém me pára!!!

 

Vamos lá aqui esclarecer uma cena, não o escrevi para me gabar!!!

 

Quem me conhece sabe que não sou uma gabarolas, em nenhum aspecto da minha vida, seja familiar, laboral ou socialmente.

Também acho que já deu para perceber a quem lê o que publico, que gosto de brincar, logo o Post 103 deveria ter sido considerado como uma brincadeira, quando eu digo "Agora é que ninguém me pára" estou a brincar, obviamente, o que é que eu posso fazer mais sem ser continuar a escrever? Se houver mais alguma coisa digam-me por favor!

 

Porque é que o escrevi e transcrevi? Porque fiquei surpreendida, não estava à espera de ter um feedback desses, nunca tal coisa me passou pela mente como já disse milhões de vezes, e acho que já me estou a tornar repetitiva e cansativa, eu não me considero uma bloguer, considero-me uma pessoa que tem um blog como tantas por essa Blogosfera fora. Eu gosto de escrever e alguns gostam de ler o que escrevo, outros nem por isso, garantidamente!

 

Atenção eu só tive um post com 45 comentários que ficou na 9ª posição do Top Ten dos Posts mais comentados das últimas 24 horas, não descobri o caminho a nado para a Ilha da Páscoa!! 

 

Eu gosto imenso disto sobretudo da parte do trocar ideias e opiniões com outros bloguers, mas isto não é a minha vida, eu não vivo disto, eu tenho família, amigos e trabalho, eu não ganho nada com isto sem ser uma enorme satisfação em comunicar com outras pessoas, mais nada, nem chocolates, nem cabazes de natal, nem produtos de beleza e higiene, nem porra nenhuma!

 

Estamos esclarecidos agora? Qualquer dúvida contactem na caixinha abaixo assinalada sff.

 

Kikas

Agora é quem ninguém me pára!!!

Foi com grande surpresa minha que agora constatei que ontem fiquei no Top Ten dos Posts mais comentados das últimas 24h.

Vou continuar a fazer o meu melhor e tenho que agradecer, aos meus seguidores, aos meus pais que me criaram, à minha irmã que me....

Just kidding, o ego ficou um poucachinho mais elevado, mas nada que me tire da vida real  Gosto que gostem do que escrevo e isso é o mais importante, o resto são números, e eu sou mais de pessoas do que de números!

 

Os posts mais comentados das últimas 24h

Bom dia,

estes foram os 10 posts mais comentados das últimas 24 horas no SAPO Blogs.

  1. O mistério do Hospital (resolução) - Segunda Parte (220)
    Chic'Ana
  2. O aspirador novo!!!! (152)
    Partícula do Infinito
  3. Este homem tira-me do sério #3 – As portas (117)
    Língua Afiada
  4. A Mula foi a um cabeleireiro chique e não gostou! (65)
    Desabafos da Mula
  5. Xaroca?! (60)
    Sar(a)casticamente
  6. Eu e Burpees (49)
    Curiosidade Feminina
  7. ALERTA: Stress - Causa: o video não carrega (46)
    Conversas, Café & Sorrisos
  8. Cinema || Kino: Under the Tuscan Sun // When in Rome (45)
    Heidiland
  9. Quando o mundo da Blogosfera se assemelha cada vez mais ao Facebook (40)
    Crónicas de uma menina da mamã
  10. Música para alma! # 31 (35)
    Blog música para alma vibrar!

Ignorância sociocultural

É impressão minha ou esta capa, com estes nomes, parece uma história saida algures de um Bairro da Zona J de Chelas?

 

Refiro-me aos nomes obviamente, porque a "história" vista/lida por alto parece-me tipicamente portuguesa.....

Já agora: quem é a Bibi, o Tiago, a Maria, a Jessica Maria e o Ginga?

 

Peço desde já mil perdões pela minha ignorância socioculturall!

 

tv-7dias-2016-02-16-6c658e.jpg

 Kikas

Uma paixão chamada livros 15/40

Livro que custou a ler

 

image (2).jpg

 Os Filhos da Droga de Christiane F.

 

Talvez porque o li na adolescência e custou-me ler e "assistir" à história da jovem Christiane de 13 anos : O livro chama a atenção por vários aspectos: a verdade  fria, sem pudores nem preconceitos é uma das razões. O outro aspecto que chama a atenção é o facto de ser um livro auto-biográfico, com fotografias verídicas das personagens. Christiane viveu numa época em que a droga era abundante, barata e estava na moda. Com 13 anos, Christiane rompe de vez com sua a pré-adolescência a  prostituição acaba por ser a saída mais fácil para arranjar dinheiro. É chocante, o testemunho  de jovens com 12, 13, 14 anos, exporem-se á prostituição, depois do jantar, a fim de levar consigo a dose diária de heroína.

Um livro que custa a ler porque nos defrontamos com uma realidade que não é a nossa, sobretudo na idade em que o li.

 

Kikas

Slow and (very) Furious

Já descrevi noutro post que aqui publiquei a minha aventura relativa à minha carta de condução, onde proliferou sangue, suor e lágrimas, vá mais lágrimas do que sangue e suor, mas adiante!


Como também disse nesse post, em quase 12 anos de carta de condução (se não tivesse sido a tragédia que foi até lhe fazia uma festinha surpresa em Agosto) só bati duas vezes... As duas em carros parados...


Hoje vou-vos deixar aqui a descrição das duas batidelas da minha vida:

 

1ª - Estacionei numa praceta em frente à minha casa, num estacionamento em espinha, numa rua apertada em que os senhores da Junta da Freguesia fizeram o favor de colocar pilares para evitar que estacionassem no passeio, mega resultadão, agora estacionam em frente dos pilares, o que faz que a rua ainda se torne mais estreita!

Mas adelante, de manhã quando fui tirar o carro, ele foi marcha atrás, marcha à frente, marcha atrás, marcha à frente tudo para evitar bater no carro de trás e no carro de lado, resultado consegui raspar no pára-choques do carro que estava ao meu lado.... Para sorte (NOT) minha, eu tenho sempre sorte nestas cenas, estavam três senhores na esplanada do café, às 7h30m da manhã, em frente a olhar para mim e para a figura que fiz e inclusive dando-me indicações e mandando bitaites, sabendo eu que conheciam o proprietário do veículo em questão lá fui eu feita cívica deixar o meu contacto para o dito cujo do proprietário me ligar.
Não tardou duas horas! Começou por dizer que já tinha visto o carro e que tinha um primo que tinha uma oficina que lhe podia tratar do assunto senão tinha que substituir o pára-choques inteiro e que rondava a módica quantia de 500.00€.
"500.00€?" repliquei eu, "Oh Sr. P. por muita estima que possa ter pelo seu carro, o mesmo é de 1992, o carro inteiro não custa mais de 300.00€ e o Sr. está-me a pedir 500.00€ pelo pára-choques?, vamos fazer o seguinte eu vou accionar o seguro". O SR. P. não ficou de todo satisfeito dizendo que não era para tanto, se não era para tanto porque me pediu 500.00€ pela porra de um pára-choques de um carro com um valor comercial de 300.00€?
Amigo P. tiveste azar, apanhaste uma pessoa inteligente, temos pena, vai mandando cupões.

 

2ª - Ia eu em direcção à estação onde deixo o carro quando me deparo com uma carrinha da Junta de Freguesia parada no meio da via, fiz sinais de luzes e o Sr. lá seguiu. Seguiu salvo seja porque tanto andava quase parado como acelarava como um louco. Numa dessas alturas deu-me para endireitar o espelho retrovisor, resultado: estávamos a chegar a uma rotunda e eu estatelei-me na traseira da carrinha. O Sr. lá saiu e eu disse toda dona e senhora da razão "Então?" ao que o Sr. respondeu, e bem "Então pergunto eu, eu parei antes de entrar na rotunda", calei-me... O Sr. a cambalear (um ou dois copitos a mais pareceu-me, apesar das horas madrugadoras) aproximou-se do meu carro, olhou para a matrícula, para o seguro, para a inspecção e tudo o que está escarrapachado no vidro dianteiro e disse: "Agora vou à PSP apresentar queixa", e eu novamente dona e senhora da razão respondi-lhe "Então vá mas se não precisa mais de mim deixe-me lá ir trabalhar sff!!" Até hoje nada de PSP.....

 

Está aqui a prova provada que sou melhor pendura do que condutora, consigo o impossível de ter argumentos e discutir a quem estraçalho as viaturas, sem ter razão nenhuma. 

 

 

Moral da história, sim porque as minhas histórias têm sempre uma moral: não se metam com uma minorca que conduz mal comó raio e ainda assim pensa que tem a razão toda deste mundo e do outro!

 

Kikas