Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Aqui vou ser felizzzz

Um dia acordei e decidi: A partir de hoje eu sou FELIZ
Pronto!


Parece parvoíce, mas minha vida mudou, eu parei de esperar o que nem sabia que estava à espera e muito menos de aonde viria.
Parece parvo, mas é verdade:
Quem procura felicidade nem sabe o que é isso. A felicidade pode estar mesmo à sua fente. Pode ser apenas uma forma diferente de encarar a vida. Sim, porque uma mudança de perspectiva já traz felicidade.


Temos a mania de pensar que felicidade vem lá de não sei de onde ou que vem dos outros. Mas felicidade que é felicidade, tem que ser inalcançável? Não pode depender só de nós?
 
Com esta mentalidade parece que nascemos para sermos infelizes e termos um motivo para refilar com tudo de menos bom que sucede, ou não, na nossa vida. Aviso! A nossa felicidade compete-nos a nós, não podemos meter as culpas nas mãos de alguém para depois podermos dizer: "Ninguém foi capaz de me fazer feliz".

É preciso aprendermos a ter momentos de felicidade sozinhos e é aí que tudo muda. Estar acompanhado é um vício,
aprender que apenas nós chegamos para nós é a chave do segredo.

Se conseguirmos ser felizes sozinhos, veremos a curto prazo que companhia não te faltará, simplesmente porque nem todos pensam como nós, e por isso acreditam que só alguém feliz será capaz de fazê-los felizes também. Só acompanhado alguém é capaz de ser feliz.

kikas