Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Sem filtros

Nos dias que correm parece que é moda dizer que esta ou aquela pessoa não tem filtros, é frontal e direto, eu admito que sou frontal e direta mas q.b. com conta, peso e medida.

Há uma linha muito ténue entre o "sem filtos" e o ser frontal e direta. Ser frontral e direto não significa que se diga tudo o que nos vai na cabeça por vezes temos que pensar e repensar algumas vezes antes de debitarmos seja o que for, os "sem filtros" são um outro nível de frontalidade: dizem as coisas como os malucos, comos as crianças e como as velhinhas das terrinhas. Os "sem filtros" são uma espécie que me faz espécie, são pessoas que dizem o que querem, quando querem e quando lhes apetece sem sequer ter em conta que a pessoa do lado de lá possam ter sentimentos, possam não gostar do que ouça que possam até ser magoadas pelas suas palavras, os "sem filtros" não querem saber porque se julgam os supra sumos da frontalidade.

Meus caros "sem filtros" afinem um bocadinho os vossos filtros e lembrem-se de não fazer e dizer aos outros o que não gostam que vos façam e digam, o mundo dá muitas voltas e o karma é lixado! Fica a dica.

33.jpg

(Fonte da imagem)

O meu rato tem sentimentos

Este fim de semana foi fim de semana de trabalhar em casa (Yupiiiii, só que não!) e tive que colocar o portátil do trabalho no spot do meu portátil pessoal. Desliguei fichas, cabos o rato, o diabo a sete e atirei, salvo seja, o meu portátil para a prateleira de baixo da mesa.

Ontem quando terminei o trabalho, salvo seja também porque ficou muita coisa por fazer, voltei a colocar o meu portátil pessoal na mesa. Liguei fichas, cabos o rato e toca de ligar o dito cujo, até aqui tudo bem! Após a ligação do meu PC reparei que o rato não funcionava, não mexia, no primeiro minuto achei que estava tudo bem porque o Sr. meu rato é de vaipes e nem sempre colabora com a causa mas passados cinco minutos não se mexia, não tugia nem mugia. Desliguei o cabo, liguei o cabo, desliguei o cabo, liguei o cabo, desliguei o cabo, liguei o cabo, bom já perceberam que não funcionou mesmo, o meu rato faleceu, pensei eu cá para comigo. Como não me ajeito muito a mexer no PC através de teclas e daquela ceninha do meio que não me lembro como se chama, decidi ligar o rato à entrada USB do lado esquerdo e o filho da mãe funcionou!

O que eu acho que sucedeu é que o mesmo se sentiu negligenciado este fim de semana, achou que já não gostava dele ou quiçá talvez, o tivesse trocado por aquela ceninha do meio que não me lembro como se chama. O meu rato tem sentimentos... Tem feelings... Parece mentira mas é verdade, o meu rato é como eu, um sentimentalão! O meu rato tem mais sentimentos que dez gajas com TPM juntas!

Façam-me um grande favor....

A todos aqueles que só se lembram de mim para certas ocasiões façam-me um grande favor: não o voltem a fazer!

Para aqueles que só se lembram de me ligar para desabafar os problemas quando não têm mais ninguém com quem o fazer, liguem para os vossos amigos de fim de semana e passeio!

Para aqueles que só se lembram de falar comigo por messenger quando não têm mais ninguém com quem falar, vejam um filme, uma série ou as noticias!

Para aqueles que só se lembram de me mandar mensagens quando estão à espera da namorada e/ou amigos, joguem Playstation!

Para aqueles que só se lembram de me convidar para beber café quando estão sem companhia, bebam café em casa!

Para aqueles que só se lembram das minhas características quando eu tinha 15 anos, observem-me um melhor e reparem que eu mudei!

Para aqueles que só se lembram de mim para certas ocasiões façam-me um grande favor: não o voltem a fazer!

Eu sou uma pessoa, não sou um utensílio, não me usem apenas para aquilo que vos dá jeito na hora e no momento, e sobretudo lembrem-se que tenho sentimentos, sentimentos esses iguais ou semelhantes aos vossos....

Façam-me um grande favor: não me usem consoante as vossas necessidades!

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Blogs de Portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D