Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

O regresso ao blog

Isto de se regressar ao blog tem muito que se lhe diga!

Ontem fiz o meu regresso quatro meses após o interregno (com um post em Julho pelo meio) e foi um bocadinho estranho, agridoce até. Foi um post fraquito é verdade e senti-me um pouco alheia a tudo o que se passa no Sapo Blogs, não sei ao certo quem se mantém desde que "sai", não sei quem voltou, não sei o que há de novo, senti-me uma emigrante em pleno Agosto, fiquei contente mas ao mesmo tempo com um pé atrás. Apesar de ter feito inúmeras amizades no ano e meio completo que por aqui andei ainda não os consegui "ver" a todos, não os consegui ler nem visitar, o tempo e o trabalho continua a não me permitir estas andanças e vai-me ser difícil acompanhar uma vez que iniciei um novo projeto que me ocupa três noites por semana.

Fica aqui a promessa que irei tentar, não sabendo se irei conseguir, mas nada como tentar! Se efetivamente não me for possível peço desde já desculpa a todos os que me acompanham diariamente e aos que me acompanharam no meu regresso ao blog.

Este post está uma seca e meia, até eu me aborreci ao escrever esta treta toda, está visto que ainda não apanhei o ritmo da cena!

 

This is the end

Depois de muito ponderar, depois de andar meses e meses a adiar o inadiável chegou o dia em que vou dizer adeus ao blog, this is the end.

As constantes "desculpas" da minha parte (todas elas verídicas) de não ter tempo, não ter imaginação, inspiração, de ser apenas uma fase disto ou daquilo levaram-me à conclusão de que já dei tudo o que tinha a dar aqui no blog. O meu tempo já passou, não contribuo com nada de novo ou de bom para a Blogoesfera, sou mais uma entre muitas/os que de quando em vez debita por aqui qualquer coisa sem qualquer nexo ou sentido, se será falta de inspiração? Talvez seja, contudo já não sinto a alegria e emoção inicial de escrever "o que quero e o que me dá na real gana" que foi sempre o mote do meu blog. Existem por esta Blogoesfera fora vários bloggers que diariamente contribuem para deixar os outros felizes e entusiasmados com os seus posts, eu presencio por aqui energia, alegria, escrita e inspiração a rodos e que também me entusiasmam e me deixam feliz, lamentavelmente eu sei que não sou uma delas porque "deep down inside" não sinto a emoção, felicidade e dedicação que por aqui vou lendo amiúde e que fazia parte da minha forma de ser e escrever no início do meu blog.

Neste ano e meio de blog aprendi muito, conheci e convivi virtualmente com pessoas maravilhosas e só por isso já valeu bem a pena ter criado o blog, essas levo-as comigo no coração, algumas sabem têm a certeza quem são, outras se calhar nem imaginam o bem que me fizeram por isso também as levo comigo.

Como tenho por hábito dizer: tudo o que começa acaba, de uma maneira ou de outra, e esta fase da minha vida acabou com grande pena minha. Um ano, cinco meses, 734 posts e 20340 comentários depois chegou a hora da minha despedida...

Não irei fechar o blog porque para além de não saber o dia de amanhã e poder apetecer-me regressar, quero também conservá-lo para continuar a acompanhar os blogs e bloggers que tanto gosto.

Não chores porque já terminou, sorri porque aconteceu.

Gabriel García Máquez

E já agora: "Aproveitem a vida. Ajudem-se uns aos outros. Não deixem nado por dizer e nada por fazer." (António Feio)

Sem tempo e com cansaço

Desde o início de Abril que a minha vida tem sido uma correria, aliás desde o início do ano! São problemas para aqui, coisas para resolver para ali, férias, fins de semana, trabalho, muitooo trabalho, cansaço, muitooo cansaço acumulado, resumindo e concluindo: ando sem tempo para o blog.

Eu sei que o blog é apenas um hobbie e um escape mas não estou a conseguir acompanhar o ritmo da minha vida, o cansaço que tenho acumulado neste mês, sim porque estive de férias mas não parei um bocadinho sequer, e conjugá-lo com o blog. Tenho muito para escrever e pouco tempo para o fazer, tenho muitos blogs para visitar, pouco tempo para visitas, decidi então apenas escrever quando o meu tempo o permite, a todos aqueles que me acompanham ao longo dos dias, que me comentam e me apoiam os meus maiores agradecimentos mas também as minhas maiores desculpas, não é falta de interesse ou de vontade, é falta de tempo e cansaço mesmo, somente e apenas isso.

Eu sei que todos compreenderão e prometo que brevemente irei voltar em força mas neste momento, que tanto pode durar dois dias como uma semana, apenas irei escrever à minha "velocidade".

24.jpg

(Fonte da imagem)

Feliz 700º post para mim!

Sim é verdade este é o meu 700º post, para quem tem o blog há um ano e três meses é obra, escusado será dizer que já escrevi mais do que um post por dia, lembro-me de um dia, a época que eu tenho por hábito chamar de "época das vacas gordas" do meu blog, em que escrevi seis posts, sim seis, meia-dúzia num só dia, tudo de uma empreitada só.

Eh ca bruta! Devem estar vocês a pensar, e sim houve uma altura em que fui bruta a escrever, não no sentido literal da palavra mas sim na quantidade de palavras, textos e posts que aqui debitei, mas foram bons tempos. Não me estou a recordar de qualquer post que me tenha arrependido de escrever, arrependo-me sim daqueles que por falta de coragem não escrevi, não queria (e não quero) atravessar a linha ténue que separa a minha vida privada da minha vida virtual, se bem que por vezes se torna difícil, muito difícil mesmo. Existem, e existiram neste ano e três meses, alturas da minha vida em que tenho/tinha tanto para deitar cá para fora que quase me sinto/sentia a rebentar mas depois recordo-me das sábias palavras de uma grande amiga, e excelente pessoa que conheci por estas bandas, que diz "Uma vez na Internet, para sempre na Internet" e eu não quero isso para mim, eu não quero a minha vida espelhada e espalhada por este mundo virtual tão amplo fora.

Foram 699 posts (este não incluído) onde escrevi o que quis e o que me deu na real gana, posts em que ri ao escrevê-los e fiz rir a quem os leu, posts com um lado mais sério, post mais informativos e poucos posts "cultos" ou elaborados, por assim dizer,, não que seja uma inculta (pelo contrário, modéstia à parte) mas ao escrever posts com algum nível de cultura/polémica hoje em dia toda e qualquer m#$%@ pode ser polémica pode levar a mal entendidos para quem os lê, o que escrevemos e a mensagem que queremos fazer passar nem sempre é perceptível ou bem entendido para quem a lê, um post acaba por ser um pouco como um livro: cada qual o interpreta à sua maneira, a mim acontece-me o mesmo, sou humana tal como todos os que me lêem ou possam ler.

Desde o início do blog que estabeleci que nunca iria escrever sobre política, religião e futebol para não gerar polémicas e discussões desnecessárias, destes três temas o que me custa mais não escrever é sobre futebol. Eu uma sportinguista ferrenha desde pequenina nascença, uma adepta ferverosa do meu clube do coração custa-me horrores não falar sobre o meu Sporting mas aguento-me firme e hirta como uma barra de ferro na minha decisão sobre o blog mas acho que no meio desta quantidade enorme de posts escrevi um sobre o Sporting, não me aguentei .

Destes 699, já nos 700, posts já tive a minha quota parte de Destaques, aos quais agradeço à equipa, e de menções noutros blogs, o que me deixa obviamente feliz. Se me pedissem para escolher um post como sendo o meu preferido provavelmente seria este não porque foi um post Destacado mas sobretudo devido ao feedback obtido, para além dos comentários recebidos, o post foi indicado/sugerido como leitura pelo Pedro Correia (Grande Sportinguista) dos blogs Delito de Opinião e És a nossa Fé! entre outros blogs em que escreve, tenho que admitir que na altura me senti lisongeada e orgulhosa, daí a minha escolha do post "preferido".

E cá estou eu 700 posts depois a debitar o que me apetece, desta feita com mais calma, mais ponderação e muito menos tempo. Se antigamente conseguia escrever mais do que um post por dia nos dias que correm posso-me dar por feliz se conseguir escrever apenas um!

E termino o meu 700º post a dizer/escrever: Venham mais 700!

25.jpg

 (Fonte da imagem)

Último post? Só sei que nada sei...

Já ando neste cantinho virtual há um ano e quase dois meses e gostei desde o primeiro dia, gostei de escrever, de "conhecer" pessoas novas, de conviver com todos os que convivi e de aos poucos fazer deste espaço o meu cantinho e o vosso cantinho.

Confesso que ultimamente a minha motivação para o meu cantinho está a esmorecer, provavelmente por motivos alheios ao mesmo, mas já não sinto a mesma vontade de me expressar e muitas das vezes falta-me a imaginação ou a vontade de escrever que tinha nos primórdios do blog. Pode ser uma fase, pode ser que passe ou até pode ser que não, não sei... Não me sinto motivada, sinto-me esmorecida, se calhar mais com a própria vida do que com o blog em si, mas a realidade é que a minha desmotivação exterior está a afectar a minha anterior entusiástica motivação para cá vir todos os dias.

Não me vim lamentar até porque é algo que não faz parte da minha maneira de ser, vim apenas desabafar, desabafar o que me vai na alma em relação ao blog, em relação à minha vida prefiro guardá-lo para mim.

Neste momento em que estou a escrever só penso "Será este o meu último post?", honestamente não sei dizer se será ou não, talvez os próximos dias ou semanas o dirão.

Termino dizendo apenas: Muito obrigado por estarem sempre desse lado, nunca serão esquecidos!

Um blog, um ano!

Faz hoje exactamente um ano que decidi criar um blog, o blog Crónicas de uma menina da mamã!

Porque é que decidi criar um blog? Não sei explicar ao certo o porquê, ou se calhar até sei: queria escrever o que me ia na alma, o que me apetecesse no momento, o que gostava de dizer por "palavras ditas" mas que sempre tive mais jeito para dizer em "palavras escritas", mas não foi esse o rumo que segui.

Inicialmente senti-me um pouco perdida por aqui, escrevia, escrevia e não tinha qualquer tipo de feedback, senti-me um pouco só devo admitir, até que decidi enveredar por aquilo que reflecte a minha verdadeira personalidade, a minha essência, a minha forma de estar na vida: a boa disposição! Com a ajuda e conselhos de uma outra blogger comecei a interagir com o mundo do Sapo Blogs e o mundo do Sapo Blogs comigo, comecei com "baby steps" a construir o meu blog, o meu cantinho, o sítio onde me sinto tão confortável, e com isto tudo já passou um ano....

Um ano cheio de altos e baixos mas mais de altos do que de baixos, esses deixo-os ficarem onde merecem estar, os altos, esse sim marcaram o meu ano enquanto blogger, ou como eu me auto-intitulo: uma pessoa com um blog, não me considero uma blogger, nem de perto nem de longe!

Neste ano de blog conheci pessoas fantásticas, interagi com pessoas maravilhosas, cada uma à sua maneira mas todas fantásticas, e é a elas, a vocês todos que me acompanham diariamente que quero dedicar este post, sem vocês este blog não seria o mesmo, eu não seria a mesma, porque um blog é feito por pessoas e sem as pessoas que vocês são, atrás dos vossos pc's, smartphones, tablets e afins, nada disto seria possível, isto são blogs com pessoas dentro!

O meu muito obrigado, apesar de nem sempre conseguir corresponder e responder da mesma forma, acreditem que a vossa companhia é muito importante para mim e não apenas para o meu blog, eu sou pequenina mas o meu coração tem lugar para todos os que cá estão e para os outros que hão-de vir. Que venha mais um ano (pelo menos), e que 2017 seja um ano de blog tão bom, ou melhor, do que este que passou.

E com isto tudo ainda não consegui o patrocínio da Zara Kids, porra que está dificil!

Amancio Ortega cariño mi casa es tu casa, las puertas de mi blog están abiertas y quién no llora no.....

8.jpeg

 

(Imagem retirada daqui)

A todos um bom Natal!

A Crónicas de uma menina da mamã, a menina da mamã e a Kikas (lá estou eu a referir-me na terceira pessoa tal qual o Jardel do Sapo Blogs) desejam a todos os seus amigos, subscritores, leitores, comentadores e seguidores um Natal mega espectacular, recheado de alegria, paz, família, amigos, comida, doces, miminhos, muito amor e já agora algumas prendinhas, porque muitos de vós merecem, o todo, não só as prendinhas!

O blog vai de férias de Natal e só regressa dia 27 do corrente mês, até lá podem ir deixando os vossos comentários, tão apreciados por estas bandas, para serem respondidos assim que possível.

A minha prendinha de Natal para todos vós vem pela "voz" dos Minions num cover da música "Jingle Bells", espero que gostem.

(Vídeo retirado do sítio do costume)

Feliz Natal para todos, beijinhos e abracinhos!

Isto não é um adeus....

.... é um: até à próxima segunda-feira....

Porque tenho coisas para fazer e sítios para ir, nos próximos dias vou andar um pouco ausente do blog. Não fiquem tristes, não chorem, não se descabelem, não se esgatalhem porque eu voltarei (à priori..), até lá deixo-vos este post para puderem escrever o que vos vai na alma, na mente e no nós dos dedos.

Até segunda-feira... Batem forte cá dentro!

E se eu pedir com jeitinho?

A minha página de Facebook do blog conta com um mês de existência e está constantemente a avisar-me que o meu próximo marco são os 100 Likes, não sei se me irão congratular com alguma prenda, um patricínio da Zara Kids ou um novo marco, o que é certo é que só me faltam 20 Likes para atingir o marco indicado pelo Facebook.

Se eu pedir com jeitinho alguém me arranja 20 pessoas para meter um Likezinho na minha página? Tipo de eu pedir por favor ou prometer que divido o que me vai calhar na rifa com todo o mundo quando atingir os 100 Likes?

É óbvio que se o Facebook me congratular com um próximo marco de 200 Likes mando-o dar uma volta ao bilhar grande porque eu não lhe exijo nada, logo o mesmo não pode exigir de mim rigorasamente nada!

Boa sexta-feira e beijinhos fofinhos (isto não é graxa, é apenas carinho gratuito).

E quando eles vêm com ela fisgada

Meus caros bloggers do sexo masculino venho por este meio informar-vos que, caso não tenham reparado e tenho a certeza que muitos de vós não repararam, isto é uma plataforma de blogs e não um site de engates!

Como é mais do que óbvio este post não se destina a todos os membros do sexo masculino que se encontram nesta plataforma, no Sapo Blogs, já tive o gosto e o prazer de trocar ideias com alguns bloggers que não se enquadram nesta categoria, que são homens com H grande e estão aqui a fazer o que é suposto fazer num blog: escrever, partilhar fotografias, dar sugestões e até conviver sem qualquer tipo de segundas intenções ou má fé com bloggers do sexo feminino.

Este post destina-se de facto a quem utiliza o blog como meio de conseguir arranjar alguém, para engatar vá, vamos lá começar a chamar as coisas pelos nomes.

O que eu escrevo no meu blog, quem eu comento no meu blog, as palavras que utilizo no meu blog, a forma como eu trato as pessoas do sexo masculino no meu blog podem ser interpretadas de forma distorcida por quem tem uma mente distorcida, quem tem uma mente relativamente sã sabe e compreende que esta é a minha maneira de ser e de tratar quem cá vem, sempre fui assim e sempre serei. Eu criei este blog para escrever, para ser um escape ao stress do dia a dia e não para me stressar ainda mais. Lá porque escrevi um post há seis ou sete meses onde mencionava que não tinha namorado não significa que agora não tenha, eu não escarrapacho a minha vida pessoal aqui, nem aqui nem em lado nenhum aliás, a minha vida pessoal é só minha e não de uma, duas ou três comunidades virtuais! Ainda que não tenha namorado (a dúvida fica no ar) uma coisa vos garanto: não será através do blog ou de qualquer outro local situado por esta Internet fora que irei procurar a minha "cara metade", até podem vir com ela fisgada, mas daqui não levam nada, ai daqui não levam nada, já escreveu essa grande poetisa dos nossos tempos Ruth Marlene....

Para estes bloggers a quem me dirijo, e que se porventura lerem este post, deixo-vos aqui algumas sugestões de sites criados para o efeito, e nem se atrevam a dizer que sou mázinha tendo em conta que efectuei uma pesquisa intensiva para vos ajudar nesta vossa demanda, aqui estão eles:

- Tinder

- Badoo

- Chat Blá Blá

- Novas Emoções

- Portal da Amizade (lol)

- Clube da Amizade (duplo lol)

Peço perdões por não ter indicado os links mas acho que já vos ajudei o suficiente, para mais informações façam-se à vida antes que a vida se faça a vocês (atenção: "vida" não é uma blogger do sexo feminino, não fiquem já com ideias).

 

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema
Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D