Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

Can't wait!

Fevereiro chega já amanhã e estou A.N.S.I.O.S.A.!

Quem é que não anseia ter que pagar o IUC, a inspecção do carro, o seguro do carro e o arranjo do carro (o qual já não meto a vista, os olhos, as mãos e o rabiosque em cima há cerca de três semanas) no mesmo mês? Uma coisa vos garanto vai ser um mês memorável mas não pelas melhores razões. Se eu sobreviver a este mini mês sem declarar Falência ou Insolvência prometo que pago uma rodada de shots (de água) a todos, em Setembro, what else?

Mas eu estou num ponto da minha vida que já estou por tudo: venha ele, bring it on, bring it on!!

giphy.gif

(Gif surrupiado do sítio do costume)

A para Fevereiro não vai nada, nada, nada? Tudoooo!!! Literalmente...

Bora Brunchar?

Tenho observado de há uns tempos para cá uma nova moda, moda esta que aliada às centenas de fotos publicadas nas redes sociais se tornou mais do que uma moda, tornou-se viral, estou a falar dos tão afamados brunches!

É uma refeição de origem britânica que combina o café-da-manhã (pequeno-almoço; breakfast, em inglês) com o almoço (lunch, em inglês). É normalmente realizada aos domingos, feriados ou datas comemorativas, quando toda a família se reúne entre 10 e as 14 horas (por tempo indeterminado) à volta da mesa.

In Wikipédia a enciclopédia livre

Eu já foi a dois, e fui convidada para outros 17, mas para mim que sou rapariguinha de pouco alimento não é das modas que mais aprecio. Gosto sim de ir ao local e ver as dezenas de delicias para comer e degustar a nosso bel-prazer, a mesa posta, o cuidado com a colocação dos pratos e a decoração em si também me atrai, mas saio de lá com uma torrada, um chá e um café no estômago... Apesar de não ser para mim há cada vez mais procura e mais oferta e por tal, e como sou amiguinha dos meus amiguinhos, aqui vos deixo um link de 12 locais na capital onde os brunches são reis e fazem a delícia dos que lá vão encher o bandulho e por menos de 12.00€.

Brunches em Lisboa por menos de 12€

Se já foram a algum(s), gostaram, querem repetir e o local não está incluído no link que aqui vos deixei aceitam-se sugestões, nada como partilhar o que gostamos, certo? Digam-nos lá onde gostam de ir brunchar à grande e à francesa, sff!

35.jpg

 (Imagem retirada daqui e pertencente ao Artisan/Boulanger Paris Eric Kayser)

(Por motivos de ordem politicó/sociais os brunches da Padaria Portuguesa não serão incluídos neste post, este é um blog de uma pequena assalarida e não de uma CEO para grande pesar aqui da pequenota)

 

Voltei mas não voltei lá muito bem

Voltei, voltei, voltei de lá, ainda ontem estava em... Olá, olá voltei da minha sabática bloguista mas honestamente não voltei lá muito bem, passo a explicar e vamos lá ver se me faço entender, o problema é meu não é vosso...

Peço desculpa mas não consigo! Peço até mil perdões se for preciso mas não consigo mesmo.... Não consigo de todo escrever todas as palavras de acordo com o Novo já foi mais novo Acordo Ortográfico.

Aliás a minha ausência nestes dias, se alguém deu por ela, deveu-se exactamente ao facto de ter escrito facturas sem o C antes do T vezes sem conta no meu último post, fiquei doente por ter que escrever FATURA umas dez vezes seguidas, assim a papo-seco... Foi demais para mim, os meus dedos e visão ressentiram-se, não consigo escrever de acordo com o Novo Acordo Ortográfico e para que tal maleita não volte a suceder vou continuar a escrever de acordo com o antigo Acordo, é isso ou desisto do blog, o que é que preferem?

Não precisam responder, é somente e apenas uma pergunta retórica, ok?

P.S. - Não confudir Novo Acordo Ortográfico com calinadas no português, nada de "quaisqueres", "portantos", "hades", "mau-estar" e afins (o "Penço logo esisto" também me dá vontade de dar umas naifadas nas vistas), tenham dó de Camões que deve andar às voltas lá em baixo!

P.S.S. - O título do post "Voltei mas não voltei lá muito bem" era só mesmo para rimar, teve piada não teve? Lá estou eu a fazer perguntas para o ar, se calhar o "...não voltei lá muito bem" não é totalmente desadequado e/ou desenquadrado....

30.jpg

 (Imagem surrupiada daqui)

Já validaram as vossas faturas?

Na passada sexta-feira recebi um e-mail (eu e mais uns milhares de contribuintes calculo) da Autoridade Tributária e Aduaneira com a seguinte mensagem:

"Ex.mo(a) Senhor(a)
Kikas
100000000
Verificamos que possui faturas pendentes de informação na sua página pessoal e-fatura, no Portal das Finanças, por terem sido emitidas por comerciantes registados em mais do que um setor de atividade comercial."

O processo é simples: aceder ao Portal das Finanças e validar as faturas pendentes, eu demorei cerca de meia hora para validar as 63 faturas que tinha pendentes, 25 minutos para encontrar o separador/opção de validação "e-fatura" e 5 minutos para validar as mesmas.

Apressem-se porque só têm até dia 15 de Fevereiro para validar as vossas faturas, sendo que Janeira já está finalmente a terminar, daqui até o dia de finalização da validação é um pulinho!

Podem aceder directamente à validação das faturas no Portal das Finanças através do link https://faturas.portaldasfinancas.gov.pt/

Se não estiverem registados no Portal das Finanças e não forem uns nabos como eu conseguem registar-se enquanto o Diabo esfrega um olho!

Kikas: a prestar serviço público desde 2015! Quem é amiga, quem é?

 

Eu consumidora me revolto!

Devido a esta vaga de frio chamada Inverno, aliada ao facto de ter verificado que precisava de mais um casaco quente, decidi juntar o útil ao agradável e utilizar a época de saldos para comprar um quente e giro ao preço da uva mijona, pensava eu na minha inocência.

Todas as montras pelas quais passei tinham a indicação de 2ºs saldos, tendo em conta que os saldos terminam a 28 de Fevereiro (daqui a um mês e 5 dias) qual será a numerologia que lhe darão na altura? Estou cá para ver, ou assim o espero... Bem mas adelante! Quando entrei nas lojas reparo que os casacos "quentes" em saldos são aqueles monos de malha de há duas ou quatro colecções atrás, os casacos de Inverno passaram todos para a nova colecção e agora pensem lá comigo porque até posso ser eu que estou ressabiada por não ter encontrado o que queria, ao preço que queria: as colecções de roupa dividem-se em duas, certo? A colecção de Outono/Inverno e a colecção de Primavera/Verão? Porque raios é que metem roupa de pleno Inverno numa colecção de duas estações mais quentinhas? E não foi só casacos de Inverno que lá vi foi uma parafernália de roupa de Inverno com casacos de malha, botas de cano alto, botins com pêlo, cachecóis, gorros e afins.

Das duas uma: ou vamos ter uma Primavera/Verão muito friozinhos/as ou as lojas querem aproveitar esta altura para vender ao preço original o que não conseguiram vender na devida altura! Estou mais inclinada para a última devo admitir.

Eu como consumidora sinto-me ultrajada, enganada e revoltada! Ah e sem casaco....

Não há como não gostar de Barack Obama

Não há como não gostar de Barack Obama, simplesmente não há! Dois dias após a sua saída da Casa Branca Barack Obama já deixa saudades...

Nos oitos anos anos à frente da Casa Branca Barack Obama sempre se mostrou um homem com H grande, um homem com um coração de ouro, simples, divertido altruísta, humano, e é disso que o mundo precisa. Os E.U.A., e o mundo, precisam de alguém que saiba presidir com coração, e foi isso que Barack Obama fez.

Vamos colocar o pessimismo um bocadinho de lado e esperar que estes quatro anos de mandato do novo presidente passem a correr e sem qualquer "acidente de percurso", contudo julgo que o mundo inteiro vai ter saudades do 44º Presidente dos E.U.A.|

É de pessoas com o coração do mundo e para o mundo que precisamos, Barack Obama tem a capacidade de fazer rir e sorrir e isso mesmo está patente neste vídeo em que o mesmo "brinca" com a sua situçãao actual.

 

(Vídeo retirado daqui)

Deixem-me viver na minha bolha

Sempre fui uma pessoa bastante reservada sobre a minha vida, os meus problemas, angústias, tristezas e até alegrias guardava-as sempre para mim, cheguei à conclusão que os anos passaram e nada mudou, continuo igual sem tirar nem por, continua tudo cá dentro bem guardadinho.

Eu tenho plena consciência que não é bom para mim, não consigo desabafar, não consigo confiar o suficiente nas pessoas para abrir o "meu mundo", tentei uma vez e fui mal sucedida logo não volta a acontecer.

Para além de não apreciar muito o facto de outras pessoas saberem tanto da minha vida quanto eu existe também o factor que eu chamo o "Factor Maria da Fé", sempre tive quem tecesse críticas, considerações e opiniões sobre como devo levar e reger a minha vida, como fazer para que esta seja melhor, pior ou igual sem as pedir. Sem saberem da minha vida, do que passei, do que fiz, do que penso, do que acho e não acho, algumas pessoas sentem-se no direito, quase na obrigação, de me encaminharem para um lugar que acham mais adequado para mim e acredito que o façam com a melhor das intenções, mas se não sabem de nada como é que podem aconselhar e/ou emitir juízos de opinião?

Não sei, só sei que continuo igual ao que era, uma pessoa fechada e reservada e não me está a querer parecer que vá mudar, já não tenho idade para mudanças radicais, apenas peço que me deixem viver na minha bolha, acho que não estou a pedir muito.

 

Diário semanal da Daisy - Cap. 9

Olá a todos, peço desculpa pela minha ausência mas a mesma deve-se a uma profunda e prolongada reflexão, se calhar também a um inchaço nos dedos, sobre o assunto que já debati aqui no blog da Kikas: a minha dieta, sempre a dieta. Contudo voltei e quero que saibam que não tenho estado parada, continuo na luta e na labuta para conseguir alcançar os objectivos aos quais me propus em 1900 e troca o passo. Percebi que o que estava a fazer não estava a surtir grande efeito, ou nenhum, e resolvi mudar! Após vários dias para que a guru do grupo me aceitasse como sócia e companheira de caminhadas, juntei-me ao grupo tal qual Frodo e seus amigos hobbits na demanda por um anel, aqui a demanda é outra: é andar sem parar para destruir quilos, não um anel. Percebi que sozinha não ia lá, nem à lei da bala, agora tenho quatro ou cinco motivações a chamar (berrar) por mim, e apesar de saber que se fosse para correr quilómetros a fio atrás de comida me motivaria ainda mais, acabei por aceitar este meu fado, não se pode aceitar uma ciência que se desconhece à partida, tem que se mergulhar nela e aprender o suficiente para enfrentar este percurso (literalmente) que tenho pela frente e acho que desta é que vou lá. Desejem-me boa sorte porque bem preciso, se quiserem mandar-me mantimentos agradeço e faculto a minha morada.

Até para a semana e boas dietas.

Daisy
 

Frio no Inverno? Por favor!

Já ando a aguardar ansiosamente só que não pelas descidas acentuadissímas nas temperaturas que o IPMA anuncia desde o fim de semana passado. Supostamente ontem seria o dia em que, em Lisboa, a temperatura mínima rondaria os 0º e a máxima os 6º, sim esteve um friozinho do catano mas as temperaturas mínimas não baixaram para além dos 5º. Eu acho que as verdades são para se dizer e esta tem mesmo que ser dita: a culpa é do governo, do Jorge Jesus, do Bruno de Carvalho, do Luís Filipe Vieira, da arbitragem, do Donald Trump, do Putin e do aquecimento global! Onde é que já se viu ou sentiu frio no Inverno? Opá por favor poupem-me!

Como mais vale prevenir do que remediar vesti-me dos pés à cabeça para a ocasião só que parece que será hoje que as temperaturas vão baixar mesmo, mesmo, mesmo muito. Como tal já ando há dois dias assim:

source.gif

(Gif retirado daqui)

Isto de se andar a trabalhar o dia inteiro como um chouriço não é para todos, é só para os mais fortes! Ou para os mais friorentos vá...

Pág. 1/3

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema
Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D