Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma menina da mamã

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Antoine de Saint-Exupéry

75 dias depois

75 dias depois de me ter despedido temporariamente do meu blog, 75 dias depois de ter deixado de publicar, 75 dias depois do meu último post e/ou de ter alguma interacção aqui no meu cantinho é com muita alegria que vejo que algumas pessoas continuam a acompanhar-me, provavelmente na esperança de eu ter publicado alguma bojarda típica da minha pessoa, alguma piadola sem piada nenhuma, algum post sem qualquer conteúdo útil para a sociedade mas que me davam muita alegria em partilhá-los, não sei se era mútuo, quero acreditar que sim.....

Não sei quem são, só sei de onde vêm e apenas sei isso devido às estatísticas do Sapo Blogs que me levam a localidades tão distantes como Lisboa (mais ou menos distante) Porto, Braga, Viseu, Almada, Alverca do Ribatejo, Aveiro, Cascais (tão pertinho de mim), Castelo Branco, Funchal, Matosinhos, Oeiras, Paço D'Arcos (ui estas duas até queimam), Portimão, Sintra, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão e o meu preferido Não Definido.

Houve até quem se lembrasse de mim por causa de uma Tag, as tão famosas Tags do Sapo Blogs e que me deixaram tantas saudades.

Só vim cá deixar-vos o meu muito obrigada, obrigada por não me "abandonarem", obrigada por estarem do meu lado, obrigada por acreditarem e se lembrarem de mim, e agora vou-me deixar destas lamechices não vá alguém ficar com diabetes à pala de tanta doçura da minha parte.

Batem forte cá dentro e um dia destes voltarei de vez!

giphy.gif

 (Gif fanado daqui)

This is the end

Depois de muito ponderar, depois de andar meses e meses a adiar o inadiável chegou o dia em que vou dizer adeus ao blog, this is the end.

As constantes "desculpas" da minha parte (todas elas verídicas) de não ter tempo, não ter imaginação, inspiração, de ser apenas uma fase disto ou daquilo levaram-me à conclusão de que já dei tudo o que tinha a dar aqui no blog. O meu tempo já passou, não contribuo com nada de novo ou de bom para a Blogoesfera, sou mais uma entre muitas/os que de quando em vez debita por aqui qualquer coisa sem qualquer nexo ou sentido, se será falta de inspiração? Talvez seja, contudo já não sinto a alegria e emoção inicial de escrever "o que quero e o que me dá na real gana" que foi sempre o mote do meu blog. Existem por esta Blogoesfera fora vários bloggers que diariamente contribuem para deixar os outros felizes e entusiasmados com os seus posts, eu presencio por aqui energia, alegria, escrita e inspiração a rodos e que também me entusiasmam e me deixam feliz, lamentavelmente eu sei que não sou uma delas porque "deep down inside" não sinto a emoção, felicidade e dedicação que por aqui vou lendo amiúde e que fazia parte da minha forma de ser e escrever no início do meu blog.

Neste ano e meio de blog aprendi muito, conheci e convivi virtualmente com pessoas maravilhosas e só por isso já valeu bem a pena ter criado o blog, essas levo-as comigo no coração, algumas sabem têm a certeza quem são, outras se calhar nem imaginam o bem que me fizeram por isso também as levo comigo.

Como tenho por hábito dizer: tudo o que começa acaba, de uma maneira ou de outra, e esta fase da minha vida acabou com grande pena minha. Um ano, cinco meses, 734 posts e 20340 comentários depois chegou a hora da minha despedida...

Não irei fechar o blog porque para além de não saber o dia de amanhã e poder apetecer-me regressar, quero também conservá-lo para continuar a acompanhar os blogs e bloggers que tanto gosto.

Não chores porque já terminou, sorri porque aconteceu.

Gabriel García Máquez

E já agora: "Aproveitem a vida. Ajudem-se uns aos outros. Não deixem nado por dizer e nada por fazer." (António Feio)

Obrigadinho São Pedro

Obrigado São Pedro por estares com intenções óbvias de me quereres estragar um fim de semana inteiro planeado de atividades ao ar livre, uma panóplia de coisas para fazer e sítios para ir, tudo ao ar livre, obrigadinho São Pedro.

Eu sei que a culpa não é inteiramente tua, o aquecimento global anda a deixar-te baralhado e um pouco bipolar de há uns anos para cá, já não distingues as estações do ano e eu tenho cá para mim que já nem sabes o que isso, mas estamos na Primavera, na Primavera filhinho!

Tens que admitir que não é muito agradável andar uma semana inteira a trabalhar debaixo de 30 e tal graus e quando posso aproveitar o meu tempo livre sem afazeres profissionais tu virares o bico ao prego, mas tudo bem, tudo bem, lá vou eu ter que inventar alguma coisa para fazer em casa... Ou fora de casa mas não o que tinha planeado.... Ou se calhar o que tinha planeado mas de outra forma... Bom logo vejo o que faço ou o que não faço.

28.jpg

 (Imagem fanada daqui)

Síndrome pré-Verão

Eu tenho cá para mim que sou provavelmente das poucas e das raras pessoas que ainda não usou sandálias este ano de 2017.

Lamento mas eu tenho uma certa limitação psicológica em utilizar calçado aberto até não perfazer duas semanas corridas de calor do bom, o calor que está agora. Mas também tenho que frisar que nunca, jamais, em tempo algum iria calçar sandálias antes de Maio, jamé salomé! Daqui a duas semanas, se o bom tempo se mantiver, eu faço um refresh do tema se me lembrar.

É o meu síndrome pré-Verão, cada qual com a sua pancada....

32.jpg

(Fonte da imagem)

Blá blá blá Madonna em Portugal

Será que sou a única que já estou fartinha de ouvir que a Madonna está/esteve em Portugal?

Qual aparição de Nossa Senhora diz que disse que a cantora foi vista em vários locais do nosso país como Lisboa, Sintra e inclusive na Comporta. Diz que disse também que Madonna quer comprar casa em Lisboa e matricular os filhos no Liceu Francês da capital.

Eu também quero comprar casa em Lisboa e quando tiver filhos também os quero matricular no Liceu Francês mas disso ninguém fala! Estão sempre a bater no ceguinho, de há uma semana para cá, de que a cantora está em Portugal, passeou por Portugal, desfilou em Portugal, meteu fotos suas no seu Instagram em Portugal, posou com um avental tipicamente português, Madonna em Portugal, Madonna em Portugal, Madonna em Portugal...

32.jpg

 (Fonte da imagem, uma entre as 5 mil encontradas)

Já enjoa um bocadinho têm que admitir!

Por falar nisso: já há cerca de três horas e meia que não leio nenhuma notícia sobre a Madonna em Portugal, será que está tudo bem?

Sem filtros

Nos dias que correm parece que é moda dizer que esta ou aquela pessoa não tem filtros, é frontal e direto, eu admito que sou frontal e direta mas q.b. com conta, peso e medida.

Há uma linha muito ténue entre o "sem filtos" e o ser frontal e direta. Ser frontral e direto não significa que se diga tudo o que nos vai na cabeça por vezes temos que pensar e repensar algumas vezes antes de debitarmos seja o que for, os "sem filtros" são um outro nível de frontalidade: dizem as coisas como os malucos, comos as crianças e como as velhinhas das terrinhas. Os "sem filtros" são uma espécie que me faz espécie, são pessoas que dizem o que querem, quando querem e quando lhes apetece sem sequer ter em conta que a pessoa do lado de lá possam ter sentimentos, possam não gostar do que ouça que possam até ser magoadas pelas suas palavras, os "sem filtros" não querem saber porque se julgam os supra sumos da frontalidade.

Meus caros "sem filtros" afinem um bocadinho os vossos filtros e lembrem-se de não fazer e dizer aos outros o que não gostam que vos façam e digam, o mundo dá muitas voltas e o karma é lixado! Fica a dica.

33.jpg

(Fonte da imagem)

O porco!!

Há uns tempos o meu pai disse-me que soube através de fonte segura que um ex-camarada Pára-quedista que tinha servido com ele no Ultramar (Ultramar não é um país minha gente, eu achava que era aquando da minha infância....) andava a tentar localizá-lo e que até já lhe tinham dito que tinha falecido (estou a bater 3 vezes em madeira), tendo em conta que o meu pai não tem Facebook porque não liga nenhuma às novas tecnologias lá fui eu tentar localizar o dito cujo do ex-camarada e consegui e cheguei à conclusão que dava um boa detective.... Se a cena de ser uma Kardashian não der resultado já tenho outra coisa em mente.

Adiante! Encontrei o Sr. e deixei-lhe uma mensagem no Facebook, o Sr. tardou mas não falhou, passado sensivelmente um mês enviou-me uma mensagem e solicitou-me amizade naquela rede social o que prontamente aceitei visto que se trata de uma pessoa de quem o meu pai tem um grande apreço, passaram por muitas coisas juntos, eram grandes amigos naquela altura e trata-se de um Sr. muito bem educado. Viu fotos minhas com o meu pai, viu uma foto do meu pai daquela altura (traumática) fardado de pára-quedista e comentou "É assim que me lembro do meu camarada V.", e assim foi e assim se tem mantido até aos dias de hoje.

Antes de ontem recebi um pedido de amizade no Facebook de um Sr. cujo único amigo em comum que tínhamos é o camarada supra referido e comecei a pensar..... "Vou perguntar ao meu pai se o conhece antes de aceitar ou dizer qualquer coisa" e assim o fiz, a resposta do meu pai foi "Esquece isso, agora não vais aceitar no teu Facebook todos os meus ex-camaradas do Ultramar, deixa lá que eu vejo-os em Tancos quando for ao convívio anual" ao que eu respondi "Ainda bem que dizes isso senão tinha que criar um grupo de geriatria no meu Facebook", o meu pai riu-se, ainda há quem se ria das barbaridades que me saem da boca para fora. Eliminei o pedido mas como tenho o meu Facebook todo privado, mensagens incluídas, só depois reparei que tinha uma mensagem filtrada do tal segundo camarada e que rezava qualquer coisa como "Diz ao teu pai que eu fui colega dele no pelotão na na na no Ultramar que ele lembra-se de mim, abraço para ele e beijos para ti". Beijos para TI? Como assim? O senhor segundo camarada não me conhece de lado nenhum para me mandar beijos nem sequer para me tratar por tu, olha agora! Segundo pensamento meu "Vou bloquear este gajo senão já sei que me vai enviar outro pedido de amizade em três tempos", fui pesquisar no Facebook do primeiro, e bem educado ex-camarada do meu pai, por esta alminha para o bloquear, encontrei-o.... Naquela parte do perfil que diz "Apresentação" rezava a seguinte história: Sou um senhor com muita história de vida mas viril para o que der e vier".

Eu:.........

Eu depois: O porco!! Olha que bela apresentação, se eu já o ia bloquear só me deu vontade de o bloquear duplamente se isso fosse possível! O porco!!

Podia ser porquito em privado, com aquela idade só lhe ficava bem!

Estou a ser muito púdica ou dramática? Se calhar sim....

Quero ser uma Kardashian

Nas últimas semanas vá-se lá saber porquê, nem quero saber para manter a pouca sanidade mental que me resta, tenho assistido ao reality show "Keeping up whit the Kardashians" e estou verdadeiramente fascinada com a coisa.

Estas meninas nasceram com o rabinho virado para a lua, tudo bem que mais de metade das irmãs e meias irmãs já "mexeram" no rabinho e parece que quanto mais mexem mais sorte têm.

Que mulher não gostaria de morar numa moradia luxuosa, ter empregados para fazer tudo, ter estilistas próprios que lhes entregam a roupa em casa, cabeleireiros, manicures, médicos, enfermeiros e médiuns que se deslocam pessoalmente a casa para não mexerem um dedinho e para não estragarem as unhas, as extensões capilares e as plásticas ao bumbum??

Eu não me importaria certamente e acrescento que quando for grande quero ser uma Kardashian, não quero fazer a ponto de um chifre, quero viajar para tudo que é sítio do mundo e arredores, quero que os melhores estilistas me mandem roupa para casa (sapatos e clutches incluídas sff), quero andar com a nata da elite, quero ser amiga de tudo o que é famoso, quero ser perseguida pelos paparazzi, quero que me tirem fotos aqui e ali com este e com aquela, quero ser idolatrada só porque existo e respiro e quero tirar férias cinco meses por ano porque "estou muito cansada".

Acho que já descobri a minha vocação....

32.jpg

 (Fonte da imagem)

 

Sobre mim

foto do autor

Header by Mula
Ilustradora Mônica Crema

Blogs de Portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D